Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

#fiqueemcasa 52

Maria Araújo, 09.05.20

fique em casa.jpg

 

Um dia deoutono chuvoso e deprimente, o que fiz eu?

De manhã, treino em casa, e cozinhar ( pataniscas de bacalhau e arroz de feijão vermelho).  Depois do almoço, aspirei o colchão, como sempre faço ao sábado, mudar a roupa da cama, desta vez arrumei o edredon que já me faz calor de noite, vai para a lavandaria, tirei as colchas de verão. Se tiver frio de noite,com a chuva que cai, puxo da manta aos pés da cama, resolvo o problema.

Estou pela net, vou ver um filme na Netflix, que vai ficar por mais algum tempo.

Dias de chuva em tempo que devia ser quente, arrasam uma pessoa.

Por outro lado, fico contente porque há muita gentinha que anda em "combibio" em tempo de calamidade e esquecem que o Covidinho não nos deixou, ou se tenciona ficar mais algum tempo, depende de nós e dessa gentinha que, a continuar a ter comportamentos normais, vai prejudicar a sua vida e a dos que cumprem o confinamento e, quando tal,  a praia nos dias quentes de verão vai ser em casa. E continuo a  afirmar que tenho mais receio de andar na rua, agora.  E os números de infectados, cá no concelho, subiram.

E assim a meteorologia aconteceem Maio,que jásabia bem umas cerejas,que ainda não as vi.

Bom sábado, em casa.

 

 

 

 

 

 

foi o caos em todo o lado

Maria Araújo, 19.12.19

e aqui na cidade, fecharam alguns tuneis, estive presa no trânsito quando fui buscar o meu sobrinho neto ao colégio.

79778080_10214089234696081_3511407330967158784_n-1

Os sobrinhos netos chegaram bem, a turbulência foi muita, estão em casa,  decidimos ir dar-lhes um beijinho de boas-vindas. 

O acesso à zona do hospital público estava completamente entupido, as ambulâncias passavam por entre os carros e,  contrariamente ao normal, o trânsito ia na direcção da UM, conseguimos chegar mas com muiito tempo de espera.

Quando regressava a casa, percebi porque o trânsito era intenso, e continuava:  o túnel que dá acesso ao Braga Parque, também estava interdito, fui obrigada a seguir pela via que vai dar à estação de comboios, que estava mais calma, andei mais mas cheguei rápido a casa..

E porque nos dias de chuva intensa, quando vou ao Braga Parque, receio estacionar no parque, porque imagino uma inundação, se fosse lá hoje, ficaria assim:

 

Liliana-Paralvas.jpg

fotos daqui

 

 

 

outono de chuva

Maria Araújo, 30.10.19

Bebaixo de muita chuva, protegida por uma capa que comprei em SanXenxo há cerca de 25 anos, botas de pele até ao joelho, calças de malha dentro das botas, cumpri a missão de todos os anos, e porque amanhã o cemitério estará cheio de pessoas a fazerem o que eu fiz, hoje, sem ninguém, tinha a água por minha conta, lavei as campas dos meus familiares, pus as flores.

Apesar de a temperatura ambiente estar agradável, o frio que a capa provocava na nuca causava algum desconforto, fez-me falta um lenço para o agasalhar,nque eu pensara levar mas achara desnecessário ( por que diabo não escutei a voz do meu coração que me dizia para o levar?) .

Marcara cabeleireiro para amanhã, vou de mini-férias para a capital, nos planos está uma visita a Évora, que não conheço, cheguei a casa tomei um banho quente, lavei o cabelo, desmarquei o cabeleireiro, fui ao Porto, cheguei a casa às 21h.

Vou estar ausente da net e do blog para ler os textos do Desafio dos Pássaros, espero que este fim de semana prolongado seja em grande, apesar de se prever chuva para todo o país....Chuva bendita, que tanta falta faz.

Bom feriado.