Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



apeteceu-me criticar

por Maria Araújo, em 07.01.19

Detesto homens maduros que usam o cabelo comprido.

rabo-hipster.jpg

(imagem da internet)

Na loja de fotocópias, à minha frente, estava um homem dos seus 50 anos que apresentava um cabelo muito comprido, preso com um elástico.

Coloquei-me junto ao balcão, ficamos separados por escassos centímetros, apeteceu-me observá-lo melhor, mas de uma forma discreta.

O seu perfil direito destacava um piercing que, da hélice ao lóbulo, atravessava  toda a orelha, que era "decorada" com um alargador. A têmpora estava tatuada e pendurado no lóbulo do nariz um piercing, barba de comprimento médio, completavam o visual  do seu rosto.

Mãos pequenas, unhas pequenas de roídas, todos os dedos de ambas as mãos tinham pequenas tatuagens.

Cada pessoa tem o direito de fazer o que quer do seu corpo mas não consigo entender o que leva os homens maduros a usarem o cabelo comprido que, na minha opinião, causam mau aspecto. Penso em oleosidade e caspa. 
E mesmo com um cabelo saudável e bem tratado, não gosto dos cabelos longos nos homens de meia idade.

 

Fui aos CTT enviar o livro do Desafio de Leitura, juntaram-se várias pessoas à entrada. Quando cheguei à porta puxei-a para entrar, duas mulheres chegaram a seguir e como eu sou delicada, dei-lhes a vez, segurando a porta.

Entraram, foram directas à máquina das senhas, comentei baixo mas de maneitra que ouvissem " nem obrigada dizem".

Fico fula com esta gente.

img_796x493$2016_03_17_19_24_14_280167.jpg

(imagem da net)

 

Não suporto a pouca privacidade que o Banco CTT proporciona aos seus clientes. Não há divisórias que separe  as  mesas de atendimento ao cliente, nem daqueles que vão  para o balcão do correio.

É tudo à vista e ao ouvido de quem está por ali à espera de ser atendido.

Mesmo ao lado dos CTT aqui da zona, há um pequeno espaço, que já foi um banco, para alugar, pergunto porque diabo o Banco CTT não passa para lá.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

uma banalidade

por Maria Araújo, em 29.03.17

Há três meses que não cortava o cabelo.

Cabelo forte e volumoso que tenho, ficava com o semblante pesado.

O tempo húmido e de chuva da última semana fez-me adiar para hoje a ida ao cabeleireiro. E precisava de pintá-lo.

Cortei um bom pedaço. Liso que está, hoje,  espero que na próxima lavagem, com a ondulação que fiz há um ano, e porque evito o secador e a prancha, que fique assim:

Sem Título.png

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

quando leio e quero experimentar...

por Maria Araújo, em 05.05.16

Habitualmente compro champôs em lojas de produtos para cabeleireiro, com uma vasta marca que nos deixa na dúvida sobre o que comprar e experimentar, mas sendo a minha marca preferida a L'Óréal, opto sempre por esta..

Contudo, tenho lido opiniões bastante positivas sobre a gama de champôs Tresemmé, que em tempos usei.

O champô estava no fim, lembrei-me da marca, à venda em alguns supermercados, e comprei. Mas antes, no site da marca, fiz o teste e o resultado foi este.

Sem Título.png

Na terça-feira fui à praia, o  vento não era suficiente para que saísse de lá com o cabelo emaranhado, quando cheguei a casa,  tomei banho, apliquei o champô.

Esfreguei suavemente, passei por água tépida. 

Ponho mais um pouco de champô, repito a operação com a água. Quando levo as mãos ao cabelo nem queria acreditar no que eles sentiam. O cabelo estava completamente emaranhado. Os meus dedos tentavam separá-los. Missão impossível.

Passei o condicionador. Nada! Nem este fez o milagre.

Peguei num pentei com dentes grossos. Levei um tempão a separá-los, o pente ficou cheio de cabelos. Nunca me vira numa situação destas.

Depois de seco, os caracóis estavam desfeitos e o cabelo estava mais volumoso do que já é.

Hoje, para tirar dúvidas se seria da praia, voltei a usar o mesmo champô. A primeira aplicação não correu mal, mas na segunda, volta a acontecer o mesmo. Senti o que os fios do cabelo se entranhavam. Enxaguo, passo os dedos. Estava complicado.

Em vez do condiconador, apliquei a máscara que costumo usar da L'Oréal.

kit-loreal-vitamino-color-aox-500ml-4725296f434c3f

 

Uns minutos depois, volto a enxaguar. A máscara deu resultado.

Passei o pente (para o cabelo com caracóis uso pente), o cabelo cedeu.

Depois de seco, ao natural, está, agora, mais suave.

Resultado? Vou desfazer-me do champô e comprar o que sempre uso e de acordo com a estação do ano.

SA000017_1.jpg

 

Dizem que não se deve usar os mesmo produtos durante muito tempo, há que variar.

Neste caso, nunca mais.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

cabeleireiros

por Maria Araújo, em 31.03.16

Se muitas mulheres fossem como eu, raramente frequentavam o cabeleireiro.

Há as que não prescindem de ir todas semanas, é vê-las com o cabelo super liso (conheço irmãs,  mães e filhas que são iguais no estilo, perdem a graça) ou com aqueles caracóis demasiado marcados, que eu não gosto nada. 

Tenho bastante cabelo, gostava dele liso,o que me obrigava a usar quase diariamente o secador, mas nos dias húmidos aumentava o volume, ficava sem forma.

Por vezes era criticada por isso, mas eu fazia de tudo para o manter liso e com graça.

Há dois anos fiz uma ondulação (bendita a hora que a fiz) que me levou a dispensar o secador. Lavava-o e deixava-o secar ao natural.

Quando ia cortá-lo, a cabeleireira não queria que saísse com o cabelo húmido, passava o difusor de calor, ou então fazia questão de o alisar.

Ora, há cerca de  quinze dias, fui cortá-lo, aconteceu isto.

Há algum tempo que pensava fazer nova ondulação, queria-a leve e natural.

cabelo.png

 

Estava na hora de marcar, fui fazê-la, ontem.

Ela conhece os meus gostos,sabe que não gosto de gel e lacas, contei-lhe o que acontecera no dia que fui cortar o cabelo.

Feita a ondulação, o cabelo ficou demasiado ondulado.

Reconheço que tenho um cabelo forte e que o resultado não seria o esperado, mas sei que no dia seguinte o cabelo fica mais solto e leve.

Saí de lá assim:

cabelos-loiros-e-cacheados.jpg

 

 Hoje de manhã olhei o espelho e detestei o que vi. E lavei-o. Apliquei a máscara, deixei-o secar ao natural, apliquei o creme, está algo parecido com isto:

CABELO-CURTO-CACHEADO.jpg

Talvez devesse ter programado a ondulação para mais tarde, para o tempo com temperaturas mais altas.

Agora não há nada a fazer. Resta-me esperar pelo calor.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

as madeixas do cabelo estava coladas

por Maria Araújo, em 12.03.16

Cortes-Modernos-para-Senhoras-15.jpg

 

Ontem olhava o meu rosto no espelho e, de repente, farta de ver a juba crescida (o meu cabelo cresce bem, graças a Deus), tentei a minha sorte ligando para o cabeleireiro a saber se tinha uma vaga.

Tinha para o final da tarde, a essa hora estava nos malabarismos da aula de Antigravity, ficou marcado para hoje às nove horas. Roubava-me a aula de Pilates, mas como logo tenho um jantar de amigas, abdiquei da aula e fui.

Conversas banais, e a propósito da coqueluche da abertura do Ikea em Braga,  soube que o Leroy Merlin também vai abrir bevemente na zona de Lamaçães, onde se concentram o Aki, o Continente, O Media Market, O Lidl, uma panóplia de negócios e comércio bracarenses. 
O que é que faz falta cá na cidade? Nada!

Adiante. Desde que fiz a ondulação, em 2014, nunca mais quis o secador de cabelo, deixo-o secar, leve o tempo que levar, mesmo que esteja de chuva.

Quando vou cortar ou pintar, a cabeleireira gosta de passar o secador, saio de lá com o cabelo esticado.
Perguntou-me se o queria natural, respondi que sim, pegou no difusor de calor e passou no cabelo.  Óbvio que ganhou volume. Não disse nada, porque em casa daria o meu toque.

No final costuma passar um pouco de gel para cabelos ondulados, mas hoje, com a conversa dos Ikeas e Leroy Merlins, vi que usou um spray. Nem atingi.

No regresso a casa, vendo nos vidros das lojas o reflexo da minha pessoa, reparei que o penteado estava demasiado senhoril. Eu que gosto dos cabelos naturais. 

Já em casa, levo as mãos ao cabelo e, "que horror!",  as madeixas estavam coladas. Tinha usado laca e  ela sabe que destesto.

A solução é meter-me debaixo do chuveiro, lavar o cabelo, e deixá-lo secar ao natural.

É por estas pequenas coisas que eu só vou ao cabeleireiro quando já não aguento mais vê-lo sem corte.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

tatuagem feminina mas...

por Maria Araújo, em 06.03.16

para o cabelo.

 

Tatuagem-Temporária-no-Cabelo-FemininoTendência-

 

li neste site, que famosas conhecidas fora do Brasil estão a usar tatuagens temporárias para o cabelo.

embora no Brasil ainda não esteja a ser comercializado, já é tendência para o próximo verão 2016.

gosto, acho que dá um look moderno e bonito  ao cabelo, mas para jovens, claro!

ora vejam:

Tatuagem-Temporária-no-Cabelo-FemininoTendência-

tatuagem-no-cabelo-instagram-reproduo-doutssima.jp

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o corte já está,

por Maria Araújo, em 01.02.16

mas quero este look para o verão.

 

haircuts-8.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

100 anos de beleza masculina

por Maria Araújo, em 04.11.15

e com muito charme!

e a estória do homem americano, nestes 100 anos, no buzzfeed.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

não me arrependo

por Maria Araújo, em 24.08.15

 

mulher-olha-rosto-espelho-pele-23157.jpg

 

de ter mudado para o Homes Place, faço as aulas de pilates com muito prazer, a música ambiente ajuda  ao esforço (no meu interior acompanhava a música dos U2 "where the streets have no name"), os professores são muito profissionais, o jaccuzzi (hoje estive mais 20 minutos) deixa-me esquecer o temspo e as preocupações. fico tão relaxada!

as aulas de antigravity foram suspensas este mês de agosto. deixei de ir às aulas da manhã de hidroginástica (alunos 3ª idade, que respeito, mas falam demais e incomodam quem quer estar concentrado no que faz) vou passar a ir à tarde.

e lá no ginásio, olhei para o espelho e confidenciei-lhe "a cor de tinta do teu cabelo está esgotada, precisas de cortar o cabelo, não estou a gostar do teu look. passa no cabeleireiro e trata de ti".

nem sempre consigo sem marcação antecipada, mas sendo início de semana, arrisquei. passei lá e consegui. início de tarde cheio, ficou marcado para as 17h.

quando o espelho me diz que está na hora de agir, não penso duas vezes.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Que gaf(f)e!

por Maria Araújo, em 16.06.15

inoa.png

Há muitos anos que, pelo menos de três em três meses, pinto o cabelo em casa, vou intervalando com a idas ao cabeleireiro para pintar e cortar.

Ora o mês passado pintei a raiz, usei metade dos 30 do 60g indicada na embalagem do colorante, mais 30g do oxidante.

Tudo correu bem, até que, quando quis puxar a tinta aquilo não se espalhava como de costume.

Lavei o cabelo, deixei-o secar ao natural. Mas vi que não ficara como das outras vezes.

Hoje, estava a arrumar umas coisas na casa de banho e de repente, no armário onde guardo estes produtos do cabelo, vejo o tubo da tinta. "Comooooo?", pensei " Mas usei todo o conteúdo, como pode ele estar aqui?!".

Mexe aqui, mexe acolá e reparo que não tenho um dos cremes de mãos

Fui ao balde da reciclagem e lá estava ele. Embalagens da mesma cor, fizera a mistura com o creme de mãos.

"E agora? Pintá-lo de novo?"

De manhã, tinha marcado corte de cabelo, a cabeleireira perguntara-me se não queria pintar também, respondera que o tinha pintado em casa...Agora de tarde, vou passar lá explicar o que se passou e sexta-feira, corto e pinto, se ela aconselhar a fazê-lo.

Coincidência, o post de hoje da Gaffe é sobre tinta para cabelo.

Que gaf(f)e a minha!

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR