Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



do meu dia

por Maria Araújo, em 03.05.19

Mãe e filha sentadas achavam graça ao miúdo que se ria para elas, dava meia volta para mais um passeio no corredor.

Esta criança porta-se muito bem. Por vezes, uma birra porque fica impaciente, mas não é de gritos.

De repente,  aquela mãe pergunta-me a idade do meu filho.

Respondo que não era a mãe, que não tenho idade para ter um bebé.

Comentou que há mulheres que são mães numa idade tardia, e que eu passava por mãe dele.

No meu íntimo gostei e sorri,  mas as marcas no meu rosto mostram que era impossível ser a mãe deste bebé.

O cabelo do meu sobrinho neto estava muito comprido, sem corte. 

A mãe saía mais tarde do trabalho, perguntei se podia levar o miúdo à minha cabeleireira. 

Peguei no telemóvel, pedi desculpa por ligar neste dia de fim de semana, o trabalho é intenso, mas se fosse possível cortar-lhe o cabelo  ( a primeira vez na minha cabeleireira) que marcasse uma hora, a melhor para ela(s), que ia buscá-lo  ao colégio a meio da tarde. 

E a resposta foi que fosse  directa do colégio para lá, atendia-me por volta das 17:45h.

Antes da hora, lá estávamos nós.

Esperamos cerca de dez minutos, o bebé foi atendido.

Portou-se tão bem!

A P tem um menino.

Foi a S que cortou o cabelo. Ela é mãe de uma menina. Tem muito jeito para as crianças. 

Elas ficaram babadas com o meu sobrinho neto.

Ganharam um cliente.

Foi a primeira vez que o levei a cortar o cabelo.

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

estás no cabeleireiro

por Maria Araújo, em 26.05.18

tentas concentrar-te na leitura, uma cliente (nova no cabeleireiro) fala demais, tem um vozeirão que te incomoda.

Pousas o livro para conseguires arranjar concentração,  e ele cai ao chão...

Pegas nele, voltas à leitura, há um pequeno momento de silêncio.

O vozeirão volta, pegas no telemóvel e escreves este texto sem importância, mas que te faz arranjar coragem para voltares à leitura deste delicioso livro.

E o vozeirão continua...

IMG_20180526_091726.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o Halloween...

por Maria Araújo, em 30.10.17

já chegou ao salão de cabeleireiro.

As belas Tália

IMG_20171030_145542.jpg

e Paula.

IMG_20171030_153147.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

cabeleireiros

por Maria Araújo, em 31.03.16

Se muitas mulheres fossem como eu, raramente frequentavam o cabeleireiro.

Há as que não prescindem de ir todas semanas, é vê-las com o cabelo super liso (conheço irmãs,  mães e filhas que são iguais no estilo, perdem a graça) ou com aqueles caracóis demasiado marcados, que eu não gosto nada. 

Tenho bastante cabelo, gostava dele liso,o que me obrigava a usar quase diariamente o secador, mas nos dias húmidos aumentava o volume, ficava sem forma.

Por vezes era criticada por isso, mas eu fazia de tudo para o manter liso e com graça.

Há dois anos fiz uma ondulação (bendita a hora que a fiz) que me levou a dispensar o secador. Lavava-o e deixava-o secar ao natural.

Quando ia cortá-lo, a cabeleireira não queria que saísse com o cabelo húmido, passava o difusor de calor, ou então fazia questão de o alisar.

Ora, há cerca de  quinze dias, fui cortá-lo, aconteceu isto.

Há algum tempo que pensava fazer nova ondulação, queria-a leve e natural.

cabelo.png

 

Estava na hora de marcar, fui fazê-la, ontem.

Ela conhece os meus gostos,sabe que não gosto de gel e lacas, contei-lhe o que acontecera no dia que fui cortar o cabelo.

Feita a ondulação, o cabelo ficou demasiado ondulado.

Reconheço que tenho um cabelo forte e que o resultado não seria o esperado, mas sei que no dia seguinte o cabelo fica mais solto e leve.

Saí de lá assim:

cabelos-loiros-e-cacheados.jpg

 

 Hoje de manhã olhei o espelho e detestei o que vi. E lavei-o. Apliquei a máscara, deixei-o secar ao natural, apliquei o creme, está algo parecido com isto:

CABELO-CURTO-CACHEADO.jpg

Talvez devesse ter programado a ondulação para mais tarde, para o tempo com temperaturas mais altas.

Agora não há nada a fazer. Resta-me esperar pelo calor.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

as madeixas do cabelo estava coladas

por Maria Araújo, em 12.03.16

Cortes-Modernos-para-Senhoras-15.jpg

 

Ontem olhava o meu rosto no espelho e, de repente, farta de ver a juba crescida (o meu cabelo cresce bem, graças a Deus), tentei a minha sorte ligando para o cabeleireiro a saber se tinha uma vaga.

Tinha para o final da tarde, a essa hora estava nos malabarismos da aula de Antigravity, ficou marcado para hoje às nove horas. Roubava-me a aula de Pilates, mas como logo tenho um jantar de amigas, abdiquei da aula e fui.

Conversas banais, e a propósito da coqueluche da abertura do Ikea em Braga,  soube que o Leroy Merlin também vai abrir bevemente na zona de Lamaçães, onde se concentram o Aki, o Continente, O Media Market, O Lidl, uma panóplia de negócios e comércio bracarenses. 
O que é que faz falta cá na cidade? Nada!

Adiante. Desde que fiz a ondulação, em 2014, nunca mais quis o secador de cabelo, deixo-o secar, leve o tempo que levar, mesmo que esteja de chuva.

Quando vou cortar ou pintar, a cabeleireira gosta de passar o secador, saio de lá com o cabelo esticado.
Perguntou-me se o queria natural, respondi que sim, pegou no difusor de calor e passou no cabelo.  Óbvio que ganhou volume. Não disse nada, porque em casa daria o meu toque.

No final costuma passar um pouco de gel para cabelos ondulados, mas hoje, com a conversa dos Ikeas e Leroy Merlins, vi que usou um spray. Nem atingi.

No regresso a casa, vendo nos vidros das lojas o reflexo da minha pessoa, reparei que o penteado estava demasiado senhoril. Eu que gosto dos cabelos naturais. 

Já em casa, levo as mãos ao cabelo e, "que horror!",  as madeixas estavam coladas. Tinha usado laca e  ela sabe que destesto.

A solução é meter-me debaixo do chuveiro, lavar o cabelo, e deixá-lo secar ao natural.

É por estas pequenas coisas que eu só vou ao cabeleireiro quando já não aguento mais vê-lo sem corte.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Que gaf(f)e!

por Maria Araújo, em 16.06.15

inoa.png

Há muitos anos que, pelo menos de três em três meses, pinto o cabelo em casa, vou intervalando com a idas ao cabeleireiro para pintar e cortar.

Ora o mês passado pintei a raiz, usei metade dos 30 do 60g indicada na embalagem do colorante, mais 30g do oxidante.

Tudo correu bem, até que, quando quis puxar a tinta aquilo não se espalhava como de costume.

Lavei o cabelo, deixei-o secar ao natural. Mas vi que não ficara como das outras vezes.

Hoje, estava a arrumar umas coisas na casa de banho e de repente, no armário onde guardo estes produtos do cabelo, vejo o tubo da tinta. "Comooooo?", pensei " Mas usei todo o conteúdo, como pode ele estar aqui?!".

Mexe aqui, mexe acolá e reparo que não tenho um dos cremes de mãos

Fui ao balde da reciclagem e lá estava ele. Embalagens da mesma cor, fizera a mistura com o creme de mãos.

"E agora? Pintá-lo de novo?"

De manhã, tinha marcado corte de cabelo, a cabeleireira perguntara-me se não queria pintar também, respondera que o tinha pintado em casa...Agora de tarde, vou passar lá explicar o que se passou e sexta-feira, corto e pinto, se ela aconselhar a fazê-lo.

Coincidência, o post de hoje da Gaffe é sobre tinta para cabelo.

Que gaf(f)e a minha!

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu corte de cabelo

por Maria Araújo, em 24.02.15

10430448_876583039060057_5236898496954059228_n.jpg

(Emma Stone)

 

ainda com alguma ondulação do verão passado (preciso de fazer outra mas não é para já)  marcado no cabeleireiro para a próxima semana e antes de viajar para Barcelona, vai ser com este comprimento.

Adorei e sei que vou gostar.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

As 50 Sombras de INOA

por Maria Araújo, em 13.02.15

Sem querer fazer publicidade à marca, um slogan e uma imagem cheia de cor... mas só para profissionais de cabeleireiro.

10959336_871265886258439_7644638497828019038_n.png

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vi-a, a vírgula.

por Maria Araújo, em 20.08.14

  

Fui pintar e cortar o cabelo.

Com a ondulação que fiz, o sol e a praia, o meu cabelo ficou mais claro e o resultado foi uma miscelânea de cores (loiro, castanho claro, castanho escuro e brancas, pois claro).

- Mas o teu cabelo está bonito, está com uma cor fantástica e o coiso (palavra de MAC), diziam.

Mas se há coisa que detesto é ver a tal miscelânea de cores: nem é loiro, nem é castanho, nem é nada.

Sentada na cadeira em frente ao grande espelho, e enquanto a cabeleireira  o pintava, com calma, mecha a mecha, li a folha A4 (já tinha reparado da última vez que lá fui, mas não com atenção) com duas promoções de verão para tratamento de rosto.

E vi-a, a vírgula.

Acaba assim:

 

"Aproveite, Gomes

 

Cabeleireiros          Sempre a pensar em si."

 

 

 

Oh, só o senhor Gomes pode aproveitar as promoções?!

{#emotions_dlg.amazed}

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cabelos Chanel

por Maria Araújo, em 07.01.14

Preciso de cortar o cabelo, mas o diabo do tempo não me deixa. O meu cabelo é bastante volumoso, quando cresce fica sem forma. Se passo a prancha aguenta-se 2 dias, desde que o ar não esteja húmido.

Ontem, pintei-o cá em casa (raramente pinto no cabeleireiro). Fica mais caro e já me habituei a esta arte, caseira.

Também não é tão difícil assim, há boas tintas à venda e as nossas  "irmãs" da Terra de Vera Cruz são excelentes professoras no que se refere às artes caseiras pelo que, via internet, encontramos tudo o que precisamos para nos ajudar a fazê-lo bem feito.

Quanto ao meu corte de cabelo, anda sempre dentro do mesmo estilo: Chanel.

Gosto do cabelo comprido mas não me favorece.

Gosto da franja mas para minha idade não será  apropriada, embora  fizesse parte do meu visual ao longo da minha vida.

No ano 2013, este corte predominou nas mulheres entre os 30tas e os 40tas e parece-me que continua em 2014.

Gosto do efeito esfiado mas sendo ele volumoso, perde um  pouco a graça, pelo que, o corte a direito é o ideal.

O tempo vai melhorar a partir de 5ª feira. Marquei vez para 6ª feira.

Se as condições atmosférica permitirem, finalmente, vou fazer o que devia ter feito em dezembro, caso contrário, desmarco e aguento até que venha um dia de sol.

O que nos vale é que podemos ver a meteorologia online e tomarmos as nossas decisões de acordo com ela.

E agora, o estilo de penteado que eu uso, com e sem franja.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR