Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



dance world cup

por Maria Araújo, em 29.06.19

a cidade encheu-se de crianças, adolescentes e adultos de cinquenta e um países de todos os cantos do planeta, o desfile pelas rua, Braga estava ( e está)  cheia de cor.

De repente, um enorme e divertido grupo ( África do Sul) aproximou-se do lugar onde eu estava com o meu sobrinho neto, junto ao grupo de  bailarinos de Arcozelo, Barcelos, e uma voz  forte, de mulher, perguntou bem alto " can we take a photo with you?" e aquele respondeu à algazarra  "Yes!".

Captei esta fotografia.

IMG_5434.JPG

Uns minutos depois o mesmo grupo vê outro a aproximar-se, faz a mesma pergunta, com resposta positiva  e clique,  seguiram todos em algazarra para o ponto de encontro.

Muitos mais grupos passavam, estão neste campeonato de dança cerca de 7 000 participantes.

IMG_5422.JPG

IMG_5426.JPG

IMG_5428.JPG

IMG_5435.JPG

IMG_5436.JPG

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Braga está mais bonita

por Maria Araújo, em 28.06.19

em toda a zona histórica da cidade,  as casas velhas dão lugar a novas obras de arquitectura, abrem  novos restaurantes de sabores mediterrânicos.

Está o Arco da Porta Nova, completemente renovado.

E mais obras se vêerm

Dá prazer ver as casas com as fachadas limpas e arranjadas, com uma nova vida.

O turismo está a crescer nesta cidade Romano/Barroca.

IMG_20190628_115532.jpg

Alojamento Local do Arco da Porta Nova

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

foram quatro os chicos-espertos

por Maria Araújo, em 16.05.19

e esta cena é para contar com pormenor.

Ontem, foi um dia não no que se refere a trânsito. 

Estamos na semana académica, o dia foi do desfile do Enterro da Gata e se o trânsito nesta zona onde vivo é complicado, pois conta com quatro escolas, imagine-se a confusão que esteve neste final de tarde. 

Portugal é o país dos chicos-espertos, e hoje tive o azar de apanhar quatro deles.

o primeiro: 

subia a rua 25 de Abril, vejo alguém aproximar-se, era um amigo do meu irmão mais novo, perguntou-me de quem era o bebé, caminhávamos à medida que conversávamos até que na curva que dá acesso à minha rua vemos um chico-esperto, que tinha idade para ter juízo, andaria nos 70, faz marcha atrás, sobe a rampa de uma garagem do prédio e estaciona o carro em cima do passeio, ao lado do portão dessa garagem.

Aproximamo-nos, o carrinho de bebé não passava, tinhamos de descer o passeio e seguir pelo meio da rua.

Meu protesto: " Então, isto é assim?! O senhor estaciona em cima do passeio, não vê que os peões não podem passar?"

Ao mesmo tempo que o chamo à atenção, o amigo do meu irmão de um lado, eu do outro, pegamos no carrinho, e diz este: " O passeio é seu? Como é? Temos de pegar no carrinho e descer o passeio, é?"

E responde chico-esperto ohlando o espaço entre o carro e o muro: " Ai, não consegue passar?"

"Claro que não! O senhor não vê que ninguém consegue passar? Temos aqui um bebé. Além de que é um passeio não pode estacionar aqui", respondi.

Resposta dele: "Desculpe".

Deixou o carro no passeio, e desapareceu.

Uns minutos depois a minha sobrinha chegou, pega no filho, comento o que se passou ( o carro continuava lá).

Pensando que seria de alguém de um escritório que há neste prédio, a minha sobrinha foi perguntar e pedir que tirasse o carro do passeio.

Mas não. Não era de ninguém dali.

E tirei um fotografia.

captura de ecrã (2).png

 

o segundo

a caminho do Hospital Braga Centro, a poucos metros daqui, deparámos com um carro em cima do passeio, não deixou espaço suficiente para o peão passar.

Perguntamos na clínica dentária se seria de algum utente,não era de ninguém, resolveu a minha sobrinha deixar um aviso.

Não tinhamos papel onde escrever, ela repara  num senhor que está dentro do carro (devidamente estacionado) foi ter com ele, perguntou se tinha papel e caneta.

Tinha.

E escreveu este aviso.

IMG_5288.jpg

E tirei mais uma fotografia.

IMG_20190515_174418.jpg

Copiei o texto no sentido de voltar a trás e pôr no pára-brisas do primeiro carro mas quando cheguei já não estava. 

Safou-se.

 

o terceiro

Saía eu do hospital privado, ia dar um passeio com o bebé enquanto a mãe ia à consulta, desço a rua, o trânsito era intenso, ninguém andava.

Do  estacionamento do hospital, em cima da passadeira, estava um carro azul, o condutor queria infrigir a regra de trânsito, seguir  pela rua com sentido proibido.

Aproximando-me do carro, e tive de me meter à frente porque a passadeira estava ocupada por ele e atrás tinha outro carro, comentei que não podia ir por aquela rua porque tem o sinal de sentido proibido, ao mesmo tempo que apontava para o sinal.

Ele olhou para mim, eu repito que não pode infringir o sinal, respondeu-me ele:
" Mas eu quero ir por ali porque se não estou fodido".

Ao mesmo tempo que o diz, eu sorrio.

E ele reconheceu-me.

Segui o meu caminho e uns poucos metros percorridos,  olhei para trás. Alguém lhe teria dado lugar, meteu-se na fila. Não infrigira a regra.

Imagino a cara dele quando percebeu que era eu, a utente que tinha estado com ele há cerca de dois meses no centro de saúde ecom  quem tinha recordado algumas passagens do passado, aqui na rua.

O senhor doutor por quem eu até tinha alguma consideração e porque o conheço desde a adolescência estalou, naquele momentou, o verniz.

 

o quarto

Fui dar um passeio pelo centro da cidade, quando regressei, exactamente no mesmo passeio onde estacionara o primeiro carro, entre a parede do prédio e a árvore, estava um carrinha estacionada, mas este chico-esperto, estacionou de modo a que os transeuntes passassem. E o carrinho de bebé passou, também.

Esperava a minha sobrinha, junto ao carro, queria ver quem era ele, ou ela, o dono(a) da viatura.

Quando tal, vejo um casal meia idade, aproximar-se da viatura. O chico-esperto entrou no carro, ela também.

Eu não disse nada. Mas no momento que entravam para o carro, fotografei-o.

Sem Título.png

O meu sobrinho, condutor e ciclista, sempre atento aos chicos-espertos desta cidade, vai fazer o obséquio de publicar aqui.

Há uns meses, estava prestes a começar a aula de Pilates, alguém falou sobre estacionamentos e a má educação dos cidadãos desta cidade.

A professora, natural de Lisboa, a viver cá há alguns anos, disse exactamente o mesmo que diz a minha sobrinha que viveu em Lisboa 9 anos: Em Lisboa não se vê disto a polícia anda atenta. Cá em Braga o pessoal não respeita ninguém.

Faço minhas as suas palavras, agora que estou mais atenta às infracções e condução: não há piscas nos carros, não dão prioridade a quem a tem, estacionam os carros em segunda fila, em frente às garagens, junto aos contentores do lixo e/ou reciclagem, é a lei da selva, por cá, e se alguém reclama manda o outro para o c@*@*&#.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

um título que me prendeu a atenção

por Maria Araújo, em 29.04.19

e depois de ler este artigo, em destaque na homepage do Sapo, sinto vergonha que na minha cidade, que tem muitos, mas muitos adeptos do Benfica, aliás, as imagens que passaram nas notícias vêem-se os dois presidentes lado a lado, e contentes, que me pareceu de amigos, com o que aconteceu ontem no jogo, embora os comentários fossem que dois pénalties ao SCB não se tivessem justificado, a polícia fosse "em cima" dos adeptos do Benfica porque estavam a festejar com pirotecnia, assim como o exagero, durante a coreografia,  se ver um pano, ou painel, nem sei, vi agora no post, que tapava toda a bancada os visitantes adversários.

Haja mais respeito pelas pessoas, e de todos clubes, e façam do futebol um espectáculo digno de se ver, independentemente de quem ganha e/ou perde. 

Ando out do futebol, cada ano que passa mais me desiludem os comentadores que, em avalanche, dominam todos os canais de televisão, e sempre a bater na sua tecla clubística, que me enjoa.

Este ano nem do meu Braga me interesso. Espreito a página da Liga quando quero saber o resultado...como foi o caso de ontem.

Para finalizar este post, o Minho é Benfica, sim, e nessa zona, onde foram almoçar o bom bacalhau e outras iguarias da gastronomia minhota, toda ela é benfiquista. Já por lá andei, e, confesso, são terríveis no que ao futebol diz respeito.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

começou às 18h00

por Maria Araújo, em 25.04.19

55506932_2416750535022786_5031980780595707904_n.jp

o concerto de sinos de várias igrejas desta cidade  em que, à semelhança do "espectáculo do final da Noite Branca de 2016",  várias pessoas de diferentes idades estão lá em cima nas torres a tocar manualmente os sinos numa sinfonia, ora a solo, ora em conjunto.

São 50 minutos de concerto que comemora os 45 Anos da Revolução do Dia 25 de Abril de 1974.

Como vivo a poucos metros do centro, o frio é muito, às 18h00 fui para a janela, gravei alguns minutos desta sinfonia que foi noticiada aqui.

O meu vídeo

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

"a Liberdade está a passar por aqui"

por Maria Araújo, em 25.04.19

Estava eu na escola quando a notícia saiu à rua, mandaram-nos para casa. Inacreditavelmente o povo receou que as notícias fossem falsas. 
E veio a Liberdade.

Nestes 45 Anos de 25 de Abril, o jornal O Minho publicou mais de cem fotografias do falecido e mais conhecido fotógrafo desta cidade de Braga, e que eu trouxe para aqui, em sua homenagem, também.

25-de-abril-em-Braga-8.jpg

25-de-abril-em-Braga-44.jpg

25-de-abril-em-Braga-82.jpg

25-de-abril-em-Braga-96.jpg

25-de-abril-em-Braga-110.jpg

25-de-abril-em-Braga-141.jpg

25-de-abril-em-Braga-149.jpg

25-de-abril-em-Braga-174.jpg

25-de-abril-em-Braga-196.jpg

25-de-abril-em-Braga-199.jpg

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o tapete de flores

por Maria Araújo, em 23.04.19

IMG_20190422_123609.jpg

IMG_20190422_123651.jpg

no centro da cidade, uma tradição com 200 anos de religião e cultura galega do Município de Pontearas,Pontevedra, foi o que encontrei quando fui à farmácia.

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

o Natal é na rua

por Maria Araújo, em 10.12.18

Braga é Natal.

IMG_20181209_161951-COLLAGE.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

finalmente, as obras

por Maria Araújo, em 14.11.18

Costumo passar a pé e de carro nesta rua, sempre lamentava o estado de degradação ( e há mais edifícios que necessitam de obras urgentes), muitas foram as vezes que vi jovens de vários cantos do mundo que  ficavam  lá hospedados, perguntava-me como era possível não se ter feito nada, um edifício que denegria a imagem desta cidade moderna, muito visitada por turistas, em qualquer época do ano, a cidade que foi Capital da Juventude em 2012, é em 2018 a Cidade Europeia do Desporto.

Ontem, passei por lá e, finalmente, as obras vão arrancar.

protocolo vai ser cumprido, dentro de um ano, a cidade terá um edifício renovado e moderno.

IMG_20181113_124857.jpg

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto da semana # 45

por Maria Araújo, em 11.11.18

1541978203594.jpg

A Nau Catrineta, contada em livro e fotografia, no Encontro de Ilustração 2018Braga em Risco.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR