Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Socorro, o meu telemóvel bloqueou!

Maria Araújo, 20.11.14

Gosto tanto, mas tanto, do telemóvel (levo-o para todos os lugares passo o tempo a telefonar a enviar mensagens  ) que me esqueço dele na carteira, em casa  (por vezes tenho de ligar do telefone fixo para o ouvir e descobrir onde o deixei) depois, acontece o provável; as chamadas não atendidas, as mensagens que não leio.

Ora estava na minha visita diária aos blogs, quando me pareceu ouvir uma música conhecida. Lembrei-me: "o telemóvel! Mas, onde está ele?"

Desligaram.

Procurei-o.

E não é que tenho chamadas não atendidas e mensagens e não consigo desbloquear o gajo?

É que desde a minha queda, em setembro passado, quando fracturei o pulso, ele também caiu, fracturou-se e desde então, está com problemas, também.

De repente, pego no telefone fixo, liguei, "touch" em desbloquear e, já está!

Mensagens de  ontem à noite, chamada a confirmar uma consulta que tenho hoje.

Este telemóvel tem três anos, tem-se aguentado, mas quando tal vou ter de comprar um (mas só quando pifar mesmo).

 

nokia.png

 

 

 

O tempo

Maria Araújo, 18.07.14

que me deixa sem vontade nenhuma para ler e comentar blogs.

Nem neste cantinho apetece.

Será este tempo cinzento que nada ajuda?

Depois, este pc, dia para dia, está pior. Nao consigo publicar as minha imagens, n~~ao me deixa corrigir o que está mal, isto é, deixa.

Para o fazer, tenho de sair da página, sair do blog e uns segundos depois, volto a entrar. Mas nem sempre tenho sucesso.

Quando o tablet chegar, vai este pc para a revis~~ao.

E, a propósito do tablet, comprei-o em finais de dezembro.

Depois de muitas idas à loja reclamar os sucessivos bloqueios, finalmente, o responsável diz para o técnico "já te disse que há muito tempo que este tablet devia ir para a marca. A senhora já veio cá 4 vezes ...

"Mais", comentei.

E assim acontece.

 

 

 

 

 

My wishlist

Maria Araújo, 13.12.13

Quando no post anterior escrevi que "All I want for  Christmas is you", não me referia à marca, não.

Não dou grande importância a estas, mas sim à funcionalidade e rapidez.

Acontece que o meu pc é do tempo em que o Sócrates governava Portugal, aliciou-nos com o e-escola, e eu aderi, em janeiro de 2008.

Não valeu o esforço que fiz pagar a mensalidade light uma vez que pagava a internet conforme o que gastava e paguei-a bem paga.

Passados 3 anos, o meu laptop já não dava rendimento mas como precisava dele para trabalhar, prometi a mim mesma que só compraria um novo quando este "pifasse".

Estamos a chegar ao final do ano de 2013, ela ainda cá anda, mas tira-me do sério!

Teclas com autocolantes porque as letras estão gastas, escrevo alguma coisa, bloqueia, se abro várias janelas bloqueia, se quero pôsr uma foto no blog apaga o texto, se estou num blog, no word, e quero procurar uma imagem ou um link para adicionar, além de fazer um ruído chato, anda a tecer durante muito tempo e o meu desespero aumenta. Por vezes, se acedo ao Youtube para adicionar uma música e/ou vídeo chega a emitir um som ensurdecedor que me obriga a desligá-lo.

Portanto, o que eu quero dizer é que este computador poderá servir para o meu sobrinho Diogo ver os filmes à hora do almoço, enquanto eu, a tia L, estou na cozinha.

Como sou uma mulher  "retired",  não preciso de um computador xpto, mas de um aparelho que não me stresse, que me deixe andar aqui a pesquisar, ler os meus blogs de estimação, tirar ideias para as minhas bricolages e artes do crohet, enfim, preciso de um pc novo.

Sinceramente, não entendo nada daqueles gadgets tipo ipad, ipod, androids, tablets, sei lá! Estes são  para os homens e mulheres de negócios e para os jovens.

Não sei quanto tempo mais vou aguentar este meu velhinho laptop, mas se houver umas promoções fixes, era bem capaz de comprar um,  a pronto pagamento, porque isto de prestações já chega a do banco, e cansa, também.

Pode ser um vermelhinho, (nunca vi nenhum por cá), a minha cor de eleição.

"I love red".

 

P.S.: Aceito opiniões de marcas e pcs funcionais às minhas delicadas mãos.