Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

O kit

Maria Araújo, 21.04.15

 

Sábado passado, fui jantar com uma amiga. Desde outubro do ano passado que não jantávamos juntas. Tomavamos café, esporadicamente, ou falavamos por telefone.

As poucas amigas de coração que tem, sou uma das que ela gosta de conversar, de desabafar, de ouvir opiniões.

Combinámos ir a pé, estacionou o carro em frente à minha porta, foi buscar a mala que estava no banco de trás.

De repente, comentou: "Vou mostrar-te uma coisa que tenho aqui. Mas não te rias. Vais achar ridículo, mas tinha de fazer alguma coisa."

Com o braço tapava uma embalagem de algo que não consegui ver o que era.

E repetiu: "Não te rias."

E eu já me ria do que ela dizia.

Disse: "Eu não sei andar de bicicleta e tenho uma na minha garagem. Então, decidi que, sozinha, vou aprender a andar no jardim da minha casa e para não fazer má figura comprei este kit estabilizador e..."

E eu desatei a rir. Ela também.

Mas o pior é que tenho de admitir que eu também não sei andar de bicicleta.

Em criança, os meus pais não me deram bicicleta. Quando os meus irmãos mais novos a tiveram,  era eu adolescente, tentei uma vez, duas, mas desisti.

Hoje arrependo-me de não ter arriscado.

As minhas outras amigas desafiam-me a aprender com elas. Eu digo que não.

Ontem, o meu irmão mais novo enviou-me um link de uma suposta escola no Porto onde ensinam a pedalar.

Lá ninguém me conhece, pensei arriscar. Enviei uma mensagem, aguardo resposta.

Sendo o horário e o preço viáveis, quem sabe daqui a um ano entro na volta a Portugal em bicicleta...para mulheres.

 

 

 

 

"Vou de bicicleta"

Maria Araújo, 04.12.14

Há cerca de quinze dias, final da tarde e de trabalho, com as luzes da cidade a iluminar o meu caminho, alguém se atravessa à minha frente, de bicicleta. Não conheci a pessoa. Fato vestido, capacete na cabela, mochila às costa, fiquei parada.

Quando reparo nela, vi que era o meu irmão mais novo (fez uma dieta alimentar, está mais magro, já não é a primeira vez que não o reconheço, ahahahah!).

De há uns anos que o seu hobby é tratar das bicicletas, quer sejam dele, quer sejam da família e/ou amigos.

Desmonta-as, monta-as, coisinha ali, coisinha acolá, e elas ficam muito mais bonitas (acho que se safava a trabalhar na Holanda, com o amor que ele ganhou a este meio de tranporte, de exercíco físico e lazer).

Sábado, veio cá a casa todo equipado. Tinha andado a pedalar os muitos quilómetros que faz, sempre que pode, inclusive nas férias.

Ora um expert como ele está neste tão bonito e saudável meio de transporte, entrei na página do FB e tinha lá este vídeo.

Eu caminho, mas soubesse eu (que vergonha) andar de bicicleta, ninguém me via de carro.

Não  nada sou invejosa, mas quando vejo raparigas ou senhoras (e por cá já se vêem muitas) nas suas bikes andar na cidade e arredores a desfrutar o prazer da paisagem e do exercício físico, fico com uma gana!

Também gostaria de dizer "Vou de bicicleta".

E como dizem os meus sobrinhos "Aprende tia L", e eu respondo "tenho medo de cair".acho que já não vou lá.

Vejam, então este vídeo.

 

 

j.png

(meu irmão, o do blusão vermelho)