Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

aprende, Maria!

Maria Araújo, 23.11.16

Sou uma pessoa muito pontual. Sou das que prefere esperar a perder o transporte, a aula, a reunião, o encontro.

Se pretendo reservar uma aula no ginásio, tenho de a fazer 24h antes pela aplicação do iphone.

São poucas as reservas, pelo que  dedo em pontaria, às 9:29h estou a tentar a minha sorte e conseguir a reserva.

Uma hora mais tarde, faço o mesmo para a aula de Anti Gravity.

Ora ontem, consegui marcar as aulas para as 9:30h e 10:30h.

As regras do ginásio dizem que as senhas reservadas devem ser levantadas 10 minutos antes da aula. Se chegarmos atrasadas um minuto que seja, a senha vai para quem está no balcão à espera de uma vaga.

Hoje de manhã, às 9:00h estava pronta para sair de casa. 
De repente, lembrei-me que não tinha levantado dinheiro, não queria ficar a dever o café no bar, liguei a minha máquina para o tomar antes de sair.

Aproveito para deixar no contentor a reciclagem de papel e do plástico que enchem os meus sacos, peguei-os para deixar nos contentores.

Esta noite a minha gata meteu-se no cesto que tenho na casa de banho, não dei conta de nada, ontem fechei a porta. Hoje às 8:00h ouvi-a miar. Como não a vi mais, antes de sair fui ver onde ela estava, não fosse ficar fechada. Não a vi, deixei as portas todas abertas, não fosse ficar de novo fechada.

Finalmente, os semáforos que tenho de passar.

Estacionei o carro no parque, entrei no elevador já com o cartão de sócia na mão.

Aproximei-me do balcão, o funcionário olhou para mim e disse:

- Já não tem senha.

Olhei o relógio na parede marcava 9:22h.

Pensando que ele estaria a brincar comigo, comentei:

-  A sério?

- Sim. Chegou atrasada, estavam pessoas à espera, dei a senha. Já sabe que quem faz a reserva e não chega a horas, às 9:20h damos a senha - respondeu. 

Fiquei zangada, muito zangada.

Não foi com o ginásio, claro. Foi comigo.

Saí do ginásio, fui levantar dinheiro. Voltei.

Com as sapatilhas que uso na rua,  fui  para o tapete caminhar e esperar pelas 10h para  levantar a senha da aula de Anti Gravity.

Chegou a hora desta aula, as colegas comentavam que outras pessoas que marcaram a aula, tinham chegado atrasadas, ficaram sem aula de Pilates.

Comentei:

- Estou zangada comigo. Isto foi um castigo a mim mesma. Sou muito pontual. Hoje facilitei fazendo pequenas coisas que podiam ser deixadas para mais tarde, pensei  que tinha tempo para levantar a senha. Aprendi a lição.

 

não há paciência

Maria Araújo, 01.07.14

Fui acompanhar a minha amiga Lia ao aeroporto da Portela, e despedirmo-nos.

Ela não tenciona mais vir a Portugal.

"Tinha"(entre aspas, sim) vôo às 15 horas,  mas quando fez a declaração da bagagem o simpático jovem disse que, provavelmente, não teria vôo às 15 horas e que deveria passar no local X 1 hora antes do embarque e lá teria informações detalhadas da situação da viagem.

O avião que saíra do Brasil estava atrasado.

Fiquei triste e ela também. Comentou comigo: "estava preocupada com a mala, nem quero saber da hora que vou viajar. Deus está comigo".

A Lia está há mais de um mês em Portugal, por motivos pessoais, e a ansiedade de regressar a casa é grande.

Ontem não quis conhecer mais nada de Lisboa de tão cansada que estava. E a noite passada foi de muito levantar da cama...

Após despedirmo-nos, fui almoçar e regressei a Braga no Alfa das 16 horas, com o pensamento nela e na esperança de que ela me ligasse sobre a hora do vôo.

Já a caminho, recebi a chamada:" fomos informados que está a caminho um avião que saiu do Brasil, pelo que só às 9 horas da noite embarco. Deram-nos um lanche e aguardo, com paciência o embarque", comentou ao telemóvel.

Cheguei a Braga às 20h, liguei-lhe para saber novidades. Ainda não sabia de nada.

Uns minutos depois, recebi uma mensagem que dizia:"sofrimento duplo, hj...Um pela mala, outro pelo vôo.Paciência. Chegando em casa, é o que se quer, com a ajuda de Deus. Qualquer notícia, te aviso. Bjs"

Às 22 horas ainda não tinha notícias.

22:45h, acabei de receber uma mensagem que diz: " o meu vôo sairá às  2:45h e chegará às 9:30 da manhã, hora do Brasil.

 

Se eu antecipei a minha viagem de comboio das 19h para as 16h, ansiosa que estava em chegar a casa, não desejaria estar no lugar da Lia.

É com situações destas que já não tenho paciência para estar nas grandes cidades, para aeroportos, para esperas intermináveis, para o cansaço e, acima de tudo, para a falta de  consideração que as companhias aéreas têm com passageiros.

E eu sou tão paciente!