Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Passatempo Dia dos Namorados

Maria Araújo, 08.02.18

Vai sendo habitual a Ni, do blog ni-entreamigos, convidar-nos a participar no passatempo do Dia dos Namorados com uma frase,  de nossa autoria, alusiva ao Amor.

Eu não sou nada fã do Dia dos Namorados, mas gosto destes passatempos e participo.

Ora este ano, a Ni não se esqueceu do dia, e voltou à carga...

 

"Vamos lá recapitular: em 2012 lancei o desafio “Dia dos Namorados”, pensado para ter carácter anual. No entanto acabamos por ter apenas três edições e nos anos em que não ocorreu tivemos o passatempo “A melhor frase de amor e paixão…”.

Em 2017 tivemos o passatempo “A melhor frase de amor é…” e que teve como grande vencedora a Janita.

Como se aproxima a passos largos mais um “Dia dos Namorados” tinha lógica que este ano o desafio fosse sobre esse evento.

Mas, como todos aqueles que acompanham este estaminé há alguns anos já sabem, tenho um terrível vício: nunca fazer aquilo que estão à espera.

Vai daí, este ano o desafio está pensado para aqueles que não têm namorado(a)s. E uma dúvida assalta-me de imediato: porque razão aqueles que não têm par não aproveitam a ocasião para saírem com os amigos?

Ora, o desafio deste ano é precisamente criar uma frase sobre a amizade. Pensem no(a) vosso(a) melhor amigo(a) e …deixem a vossa criatividade voar! Pode ser uma frase sobre a amizade ou uma frase que gostariam de dedicar ao vosso(a) melhor amigo(a)."

Selo da amizade-vert.jpg

 

Por que na Amizade também existe cumplicidade e amor, este ano, a Ni desafiou-nos a participar com uma frase alusiva à amizade.

E eu convido quem vier a este cantinho, e gostar de participar, vá ao link, ali am cima, leia as regras e escreva uma frase àquela pessoa por quem tem um carinho especial.

Eu já participei, dedicando-a a um grande amigo, de coração.

Ah! Não se esqueçam de levar o sêlo e publicar no vosso blog.

 

 

alguém me dizia

Maria Araújo, 14.04.16

 

 

 

"emprestas dinheiro, perdes um amigo" e eu comentava "não, és tola, o dinheiro não destrói a amizade, sei a quem empresto", e tal. Mas a verdade é que passaram nove meses, este assunto continua exactamente igual.

E o que mais me magoa é o silêncio, a falta de resposta à minha longa mensagem.

Agora sei que a amizade que nos une, ou unia, nunca mais vai ser a mesma.

E eu nem sou nada amiga do dinheiro.