Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

quando a criançada reage à provocação dos jovens

Maria Araújo, 25.01.19

play-football-5a5d89bc31eb10.018904121516079548204

Intervalo de almoço na escola  do 1º ciclo aqui da rua.

Junto ao pátio há uma passagem que vai dar a uma rua com acesso ao centro da cidade.

Os alunos da escola secundária passam por este caminho.

Estava eu nas minha tarefas, enquanto fazia o almoço, ouvi uma voz masculina, forte, proclamava qualquer coisa e as crianças gritavam de alegria.

Fui à varanda.

Nesse caminho, três rapazes negros e duas raparigas brancas, observavam os miúdos que jogavam à bola.

 O rapaz mais alto, gritava: "Bragaaaaaaaaaaa!"

Os miúdos saltavam e gritavam: Bragaaaaaaaaaaa!

Seguia-se a voz do rapaz: Benficaaaaaaaaaa!

E os miúdos gritavam mais alto : Benficaaaaaaaaaaaa!

Depois era a vez do rapaz:

Sportiiiiiiiiiiiing!

E elas: Uhhhhhhhhh!

E eu ria-me às gargalhadas com a cena.

Voltava a voz forte: Poooooooooooorto!
E deu-se o êxtase da criançada que saltava e batia palmas: Poooooooooooooooooooooooooooooorto!

Repetiu-se a cena para cada um dos clubes, com mais vigor e alegria da pequenada.

Acabou a cena, o grupo segui o seu caminho, as crianças regressaram ao jogo de futebol.

 

 

eles já foram

Maria Araújo, 03.01.18

Os meus sobrinhos netos cariocas chegaram há três semanas, regressam a casa amanhã.

Desta vez, contrariamente aos anos anteriores, não ficam as seis semanas de férias, sinto que estive tão pouco tempo com eles, que o tempo passa muito rápido.

Estive ontem a tarde toda a brincar com eles.

IMG_20180102_114948.jpg

 

O Francisco é muito malandro, não pára, pega-se com o irmão se este brinca com os carrinhos, é preciso arranjar uma estratégia para que brinquem sem se zangarem. É uma criança divertida, alegre, feliz. É repreendido pelas asneiras que faz, mas sabe como agir às repreensões, quase que goza connosco, as suas expressões de que não fez nada de mais leva-nos a esconder o rosto da vontade que temos de rir.

E ele percebe-o, ri-se de si próprio, das asneiras que faz e provoca-nos ainda mais, insistindo na brincadeira, no gesto, nas expressões.

Mas é muito meigo, dá abraços e beijinhos.

O Francisco tem muito bisavô materno. Olho o seu rosto e jeito de ser, vejo o meu pai.

É um aventureiro e, segundo a mãe, nós não vimos nada.

É uma criança feliz, o meu sobrinho neto Francisco.

 

 

 

 

Os 50 anos

Maria Araújo, 26.09.15

 

Os 50 anos da nossa amiga foi um recordar de um lugar (já lá vão mais de 20 anos), agora tão diferente, onde passamos noites de dança, de conversas ao ouvido de tão alta a música, de risos, de alegria, de olhares, de copos (sem nunca nos embeberdarmos) de muita convivência .

As minhas fotografias, que mais parecem de um cantinho das revistas dos famosos,  dizem tudo...

 

aniversario Mimi.jpg

 

 

bodyjam

Maria Araújo, 25.07.15

 

Há muitos anos a fazer exercício físico e nunca fora a uma aula de bodyjam. Foi preciso mudar de ginásio, e porque o professor é muito gabado por ser médico e dar aulas de bodyjam, bodybalance e outras e, ao que parece, ser um bom professor, a curiosidade levou-me lá.

Ligaram as luzes da "discoteca" Holmes Place, estaríamos oito mulheres, todas mais jovens que eu, os dois professores, ele nos trintas, com ar de menino, um sorriso bonito e simpático, um bom dançarino com muita atitude; ela nos 20tes, muito, muito simpática, muito morena do sol das recentes férias, divertida, muito expressiva e uma excelente dançarina.

Muitos movimentos hip hop, música alta, nem sempre conseguia apanhar o ritmo das outras, que já andam nesta modalidade há muito tempo. Como a zumba, diverte, é dinâmica, canta-se, ri-se, são modalidades com muito ritmo e se uma pessoa não vai a todas as aulas, é mais difícil apanhar a coreografia. Mesmo assim, fui fazendo, foram 50 minutos de boa disposição.

No final da aula, os professores perguntaram-me se gostei. "Sim, até por que eu gosto de dançar, contudo, tem muitos saltos, é demasiado puxado para mim", respondi.

"Mas venha para se divertir, não faz os movimentos mais fortes. Apareça na quarta-feira. Vai ser uma aula fantástica", responderam.

Hei de ir, mas naqueles dias em que precisar de me distrair e aliviar tensões...

E o balanço da semana neste novo ginásio foram de oito aulas. No outro, fazia metade.

Amanhã, vou caminhar.