Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

779 - Agora é que conta

Maria Araújo, 09.10.10

Agora é que conta, sim, os cortes nos salários dos funcionários públicos.

Quando ouvi a notícia, no dia 22 de Setembro, o meu coração quase parou. 5% nos salários acima de 1 500 euros mensais. Fiquei assustada, sim!

Os meus compromissos bancários desde 1996, ora subindo, ora descendo as taxas de juro, mas sempre no dia certo o valor actualizado é retirado da minha conta

Fazendo o meu orçamento para o próximo ano de 2011, e com a garantia, que já não é, da progressão na carreira, cheguei à conclusão de que  a minha vida,sem gastos supérfluos, sem noitadas, sem roupas caras, sem almoços e/ou jantares (a não ser aniversários),sem  passeios de carro,  sem cabeleireiro, sem manicure,sem pedicure (uma vez por ano), e outros, vai ficar ainda mais reduzida a este cantinho, onde passo a maior parte do meu tempo livre.

O meu carro tem 12 anos e está em vias de aguentar-se pelo menos 6 ou 7 anos, se se mantiver apenas com as revisões e inspecções, felizmente.

Os extras que por vezes tenho, limitam-se a  ver alguns espectáculos, em que pago em média 25 a 35 euros o bilhete, a um filme que possa estar em exibição e que me agrade ver , e os 2 cafés que tomo por dia.

E esta conversa da treta, porquê? , perguntas tu.

Ontem, numa das minhas idas ao supermercado, eu a a Sofia parámos na prateleira das revistas cor-de-rosa.As capas chamaram-nos a atenção. Não sei qual o nome das que vi. O(a) senhor(a) José Castelo Branco aparecia numa delas a posar, de tanga, com ar pseudo-sensual  numa praia qualquer que não me dei ao trabalho de ler. Apenas  observei as rídiculo  fotos. Coloquei-a no respectivo lugar e, de repente, vejo na capa de uma outra revista cujo título dizia: Fátima Lopes   ganha 30 000 euros por mês.

Abrindo a revista, espreitei o texto. Não especificava a quantia exacta, mas dizia entre 30 000 e 40 000 mil euros mensais.

Pensei: "Esta senhora ganha mais num mês que eu num ano... !Bruto, nem lá chego!"

Questionei-me:" Como é possível que num país em crise, onde se sacrificam famílias completas, tiram-se aos abonos, cortam-se aos salários, aumenta-se o IVA, aumenta-se os preços dos bens essenciais, e vai esta senhora  apresentar um programa sem qualquer interesse para a sociedade,e   dar "esmolas"  ao povinho que  se subjuga a  fazer papel de palhaço para ter a sorte, ou não, de receber a conta de um estrago/prejuízo qualquer que teve, ganhar uma fortuna?

 Se ela dá dinheiro e paga as contas, está tudo certo. (O) agora é que conta.

E assim continuamos um povo omisso ao voto, à realidade da vida, à humildade, ao bom senso.

Agora é que conta! Fantástico! Mas só para alguns. Para mim, não!

E viva o nosso povo, a TVI e a SIC, porque a RTP vive dos nossos impostos, não pode ser sensacionalista!