Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



dance world cup

por Maria Araújo, em 29.06.19

a cidade encheu-se de crianças, adolescentes e adultos de cinquenta e um países de todos os cantos do planeta, o desfile pelas rua, Braga estava ( e está)  cheia de cor.

De repente, um enorme e divertido grupo ( África do Sul) aproximou-se do lugar onde eu estava com o meu sobrinho neto, junto ao grupo de  bailarinos de Arcozelo, Barcelos, e uma voz  forte, de mulher, perguntou bem alto " can we take a photo with you?" e aquele respondeu à algazarra  "Yes!".

Captei esta fotografia.

IMG_5434.JPG

Uns minutos depois o mesmo grupo vê outro a aproximar-se, faz a mesma pergunta, com resposta positiva  e clique,  seguiram todos em algazarra para o ponto de encontro.

Muitos mais grupos passavam, estão neste campeonato de dança cerca de 7 000 participantes.

IMG_5422.JPG

IMG_5426.JPG

IMG_5428.JPG

IMG_5435.JPG

IMG_5436.JPG

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

os farricocos

por Maria Araújo, em 19.04.19

IMG_20190418_172957.jpg

Todos os anos, na quinta-feira Santa, procuro os farricocos e o som ruídoso das matracas a chamar os transeuntes para a procissão Ecce Homo da noite.... Mas nunca as encontro.

Ontem, fui dar um passeio com o sobrinho neto, ouvi as matracas ao longe.

Aproximei-me e finalmente, uns quantos anos depois, vejo-os.

IMG_20190418_172950.jpg

IMG_20190418_173140.jpg

Depois da fotos, iam executar mais um chamamento, saí dali não fossem assutar o bebé.

A história dos farricocos, aqui

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

e como foi o teu primeiro dia de Janeiro

por Maria Araújo, em 01.01.19

e do ano 2019, Maria?

Pois é. Ontem, prometera que iria molhar os pés na água do mar, como sempre o faço desde que o tempo esteja a favor, neste primeiro dia do ano, como fiz em 2017, já que em 2018 choveu e andei por  aqui.

Saí de casa em direcção à A11, paguei mais 5 cêntimos de portagem, parei em Apúlia para levantar dinheiro ( antes de sair de casa contei todas as moedas, tinha 1,80€ em moedas pequenas ), fui registar o euromilhões nesta localidade, entreguei 10€ , teria de receber troco 7,50 €.  Estava perto da porta reparei que só tinha moedas na mão, deixara a nota de 5€   esquecida em cima do balcão.

Na altura do registo, estava a meu lado um homem que também ia pagar o seu jogo, achei estranho nenhum deles me chamar para me avisar da nota esquecida.

Voltei para trás e diz o homem detrás do balcão e com a nota na mão: " é sua?".

"Sim. Obrigada", respondi, pegando nela,  e saí.

Pensei para o meu decote " O gajo ia ficar com a nota se eu não voltasse atrás. Não foi honesto".

Comentais vós: " Como assim, não foi honesto?!, e perguntais: "E por que não a daria?"

Porque quando entrei no carro e guardo o troco das moedas, reparei que me dera apenas 1,50€ quando deveria ter dado 2,50€.

Fui confirmar o valor de moedas que contara antes de sair de casa, confirmei que as únicas moedas de 1 euro e de 0,50€  fora ele que as dera.

Ainda pensei  voltar atrás, de novo, mas o homem poderia dizer que  dera o troco certo, e era a minha palavra contra a dele, já que eu não verifiquei o troco na hora que ele o deu.

Fiquei chateada pela falta de hosnetidade do homem. Não se faz. 

Esqueci o assunto ( tenho de estar mais atenta ao troco das compras que faço, já aconteceu não conferir e mais tarde perceber que não estava certo), lá fui eu estacionar o carro, pronta para  passear pela beira-mar, quando me lembro de tirar o telemóvel da carteira para o fotografar o mar, que estava lindo... e qual não é o meu espanto que não o encontro. Trouxera um livro para ler na praia, o telemóvel não aparecia, tirei tudo da carteira e nada.
Votei ao carro, não fosse estar caído, mas não me lembrava de o ter metido na carteira, em casa. 

"Que decepção", comentei para mim mesma, " não vou fotografar os meus pezinhos na água do mar".  Que cabeça a minha", murmurava.

Alguns pares dormiam agarradinhos (provavelmente sairam de dia do Pacha) nas dunas, as pessoas que iam na direcção do mar olhavam-os, pensariam o mesmo que eu.

Casais com filhos andavam pelas rochas, outros casais passeavam os seus cãezitos, dei um pequeno passeio pela beira-mar até que aproximei-me de um rochedo, sentei-me, tirei as sapatilhas e as meias, deixei a carteira junto ao rochedo e fui molhar os pés.

Garanto que a água não estava demasiado fria. Soube-me bem senti-la nos pés. Era a única pessoa que estava descalça com os pés na água.

A poucos metros de mim, um jovem casal observava-me, tirava  fotografias ao mar e a si próprios. 

Não tendo a minha máquina fotográfica e o telemóvel, deixo a fotografia do primeiro dia de 2017, porque descobri que as calças que vestia na altura, eram as mesmas que usei hoje.

20154694_94z0G.jpeg

Sentei-me no rochedo onde estavam as minhas coisas, deixei-me ficar com os meus pensamento e que o meu olhar se perdesse no sereno azul e branco do mar.

Hora do almoço, pensei almoçar num dos bares de Ofir, mas decidi vir  para casa.

O regresso é sempre feito pela N 103, cheguei a casa, fui de imediato procurar o telemóvel, lá estava ele em cima da mesa da sala, e com várias chamadas da minha irmã, que estava preocupada. E liguei a dizer o que acontecera.

Depois do almoço, lembrei-me de ir visitar a Alice, mas ela não estava na Casa de Saúde, tinha ido passar o ano com a família. Há um ano que não vejo esta amiga, não imagino como estará a sua saúde mental.

Passei em casa do avô dos meus sobrinhos netos cariocas, saímos para dar um passeio pelo centro da cidade, que estava cheio de gente. A Brasileira estava fechada, assim como todos os cafés do centro, mas descobrimos que a Casa dos Pasteis de Chaves estava aberta, queríamos tomar um chá. 

Esta casa fez um bom negócio neste dia 1 de Janeiro. Não costuma ter clientes que encham a casa, mas hoje ganhou o dia.

E comenta a minha sobrinha, mãe dos meus sobrinhos netos carioquinhas: " se tivesse um negócio destes garanto que abria neste dia. Já repararam como está cheio?"

E o McDonald's estava à pinha, também.

Passei na única padaria do centro, também cheia de clientes, estavam a sair baguetes de pão quentinhas, comprei, e pelo caminho de casa consolei-me a comer os pedaços de pão que ia cortando com os meus dedos.

1º dia de Janeiro de 2019 muito tranquilo, como eu gosto. Que seja um  bom augúrio.

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

Feliz Ano Novo

por Maria Araújo, em 01.01.19

Resultado de imagem para feliz 2019 gif animados

Sonhos, planos, decisões, metas, desejos, são decididos no dia-a-dia, por vezes num momento de reflexão, de conversa, de convívio.

E se 2018 foi um ano positivo, espero que 2019 seja  um pouco mais frutífero na realização de alguns planos de anos transactos, e que não consegui cumprir, quiçá a minha viagem ao Rio de Janeiro.

Uma coisa garanto: hoje, primeiro de Janeiro de 2019, vou molhar os pés na água do mar.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

que venha o Novo Ano

por Maria Araújo, em 31.12.18

 

Resultado de imagem para feliz ano 2019, gifs animados

 

e para todos Boas Entradas e que 2019 seja a esperança de um mundo mais pacífico.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)

no orçamento de estado

por Maria Araújo, em 15.10.18

para 2019, não concordo, de todo, com isto:

 

"Até agora, os livros gratuitos abrangiam somente o 1º e 2.º ciclos, ou seja, o ensino básico, alargando-se agora aos 7.º, 8.º, 9.º, 10.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade. Segundo estimativas dos comunistas, os custos da medida anunciada ascendem a “pouco mais de 100 milhões de euros”.

 

Ficaria mais satisfeita se premiassem o mérito atribuindo  bolsas de estudo a quem merece e/ou um subsídio aos estudantes universitários que trabalham e estudam para ajudarem os pais nas despesas de alojamento e propinas.

E não são poucos.

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR