Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

1º de Maio

01.05.18, Maria Araújo
celebro música. Lamentavelmente, o 1º  de Maio, o dia do TRABALHO, é um dia de trabalho. Os tempos modernos não respeitam mais o direito do trabalhador ao seu DIA.    

1º de maio

01.05.14, Maria Araújo
não é justo o dia que já foi feriado para todos, o dia em que os trabalhadores se manifestavam,  comemoravam com alegria o trabalho, a dignidade de ser trabalhador, de ter um trabalho... "deixou de o ser". hoje, poucos têm direito a este dia hoje, vai-se ao supermercado, à padaria, às lojas comerciais e todos estes trabalhadores estão lá, para nos servir, a nós, os que  temos o  privilégio de gozar o 1º dia de maio, o feriado que devia ser de todos e para todos. não é justo. (...)

uma semana depois

08.05.12, Maria Araújo
Seria de esperar : 500% de horas por um dia e  50% de descontos para quem trabalhou, gera descriminação, desconforto, insegurança e rivalidades. Foi um pingo bem doce para quem quis ser subserviente à empresa. Foi um pingo amargo para quem quis ser subserviente aos seus direitos: o dia 1º de maio, o (...)

Os direitos que se perderam

30.04.12, Maria Araújo
A  decisão de Paris, de decretar o 1º de Maio como o Dia Internacional do Trabalhador teve repercussões no nosso país. José Mattoso na sua História de Portugal, vol. 5, diz que houve um reforço da luta do movimento operário português em finais do séc. XIX sendo "em torno da associação e da greve que gravita o próprio movimento operário". Entre 1852 e 1910 realizaram-se 559 greves no nosso país. A subida dos salários, a diminuição do horário de trabalho e a melhoria das (...)