Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Sab | 05.07.14

Saudades

Desde que cheguei dos meus cinco dias em Sintra e Lisboa, que ando preguiçosa para escrever.

Nem sequer as fotografias que tirei, cerca de 900, ainda vi.

Não sei se é melancolia, se é o tempo que anda cinzento e murcho que não desperta esta vontade de explodir, de sair, de ir à praia.

Diabo, verão! Onde andas tu?

Hoje, regressei ao ginásio, tenho andado aqui por casa nas minhas tarefas, por isso, não estou murcha. Apenas não tenho paciência para o computador.

Ontem, a Sofia fez 16 anos, fez seis anos que faleceu a minha irmã mais velha, e hoje faz trinta e dois que a minha mãe faleceu.

Sou pessoa de coragem, e por mais que aceite estas certezas da vida, a morte, este dias põem-me com muitas saudades.

Também, é o mês de aniversário destas duas minhas e tão queridas familiares.

Uma coisa estou feliz: foram duas pessoas humildes, lutadoras, sofredoras, e sei que estão em paz.

Eu gosto muito da minha família e estou grata aos meus pais  pelos filhos que tiveram, pelos irmãos que tenho, pelos sobrinhos que eu quero muito.

Tudo isto são saudades.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.