Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

recordações

Ontem, fez 13 anos que faleceu a minha irmã mais velha.

Ontem, foi o dia de aniversário da Sofia ( durante alguns anos foi difícil ela perceber porque a tia faleceu no dia do seu aniversário).

Hoje, faz 39 anos que a minha mãe faleceu.

Todos estes dias vivo-os com muita intensidade.

Por que Sofia nasceu há 23 anos e sou a sua madrinha.

Porque o meu coração pedia-me  para ir ver a minha mãe, sozinha no quarto do hospital, não imaginava que seria a última vez.

Muita coisa aconteceu na minha vida. Muitos momentos baixos, muitos mesmo.

Mas fui enfrentando, vivendo, ganhado forças, vencendo batalhas.

39 anos de uma vida que nunca imaginei que passasse tão depressa, e que recordo como se tivesse sido há pouco tempo.

A minha irmã, a quem fazia companhia sempre que tivesse umas horas disponíveis, e por causa de uma reunião que tive de preparar, estive três dias sem lhe fazer companhia, no dia da reunião, em que estivemos uma manhã a discutir o sexo dos anjos, o telemóvel vibrou. Vi  o nome. O meu coração em sobressalto,  pedi licença para atender. E saí.

E ouvi o que não queria. E o meu coração explodiu.

Uns minutos depois, a reunião acabou. 

Hoje, fui pôr luz nas suas campas.

A vida é um sopro de vento.

 

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2