Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




reclamar é um direito

por Maria Araújo, em 23.05.19

Foram duas as reclamações que fiz.

A primeira, sobre o post de ontem, está resolvida.

O funcinário da câmara ligou-me, pediu-me desculpa, tinha o número do meu familiar, queria confirmar onde ficava a casa, não obteve resposta, pensou que não estaria ninguém ( caramba, tudo foi devidamente tratado por email), nem se deu ao trabalho de perguntar na recepção onde fica a casa.

Marcamos um novo dia, para a próxima semana.

transporte-carga-fracionada-02.jpg

 

A segundapara uma empresa de transportes e logística.

A minha sobrinha costuma fazer compras online, que são entregues na minha morada.

Na segunda-feira, ia buscar o bebé ao colégio, reparei que nas escadas da entrada do prédio, junto às caixas do correio, estavam dois avisos da mesma empresa, que já conhecia, deduzi que fossem para mim. E eram.

Um era  desse dia, o outro tinha a data de sexta-feira da semana passada.

Fiz um feed back do que teria feito na sexta-feira: fora às compras. Almocei fora de casa, regressei por volta das 15h30. E vira a caixa do correio, não tinha qualquer aviso.

Estranhei o de segunda-feira. Estivera em casa toda a manhã, saí à hora de ir buscar o bebé ao colégio, ninguém tocara a campainha.

Terça-feira de manhã, ia levantar as encomendas, eis que nas escadas tinha outro aviso.

Três avisos e em nenhum momento alguém tocara à campainha e nem se deu ao cuidado de os meter na minha caixa de correio?! Esquisito.

A loja de recolha, ou mais cool ser chamadas de parcel shop,  fica longe de casa, fui de carro levantar as encomendas.

Expliquei à pessoa que me atendeu ( o dono da loja) o que se passava, embora ele nada tenha a ver com isto, limita-se a entregar ou receber encomendas, aconselhou-me a reclamar.

Recebi as encomendas de sexta e segunda-feira, mas a do aviso de terça seria entregue na loja a meio da tarde quando o funcionário da empresa deixasse o que não foi possível entregar aos clientes.

Teria de voltar à loja, fui hoje de manhã.

Embora não pesassem muito, tive de dar um jeito na mala e no banco de trás do carro de tão grandes que eram as três as embalagens.

Falamos no assunto. A explicação que ele pensa ser a certa é que o funcionário da empresa não entregou as encomendas porque "anda sempre a correr, tem muito trabalho". 

Lembrei-me que, há cerca de dois meses, tinha um aviso ( este na caixa do correio) da mesma empresa. Fui levantar a encomenda, o senhor da loja perdeu pelo menos dez minutos a procurá-la, não a encontrava, fazia-me perguntas que eu não sabia responder, até que, de uma chamada que fez, comunicou-me que a encomenda estava esquecida há alguns dias no veículo da empresa, pelo que eu teria de voltar à loja no dia seguinte.

E assim funcionam as transportadoras, ou os funcionários das transportadoras.

O cliente paga um serviço, confia  na empresa que se reponsabiliza pela entrega no destinatário.  Por sua vez, quem presta o serviço não quer ter o trabalho de tocar à campainha, de subir as escadas ou o elevador, e deixá-la, em mão, ao cliente.

É mais cómodo e fácil preencher um aviso ( deve ser TPC da noite, em casa) atirá-lo para as escadas do prédio e o cliente que vá levantar as encomendas na parcel shop, nem que estas fiquem no extremo da cidade.

Fiz a reclamação online, espero receber uma resposta.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 25.05.2019 às 13:34

Nem tocaram à campainha, é tudo a despachar!
Por aqui também já me fizeram o mesmo!
Fez muito bem em reclamar.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.05.2019 às 19:14

É mais comodo deixar o aviso.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



foto do autor



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio


10 anos




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR