Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Ter | 09.02.21

que noite!

Deitei-me tarde, à hora que me apeteceu, não tinha grande pressa de dormir.

Estivera a tarde toda no computador, e não gosto nada disto, mas queria deixar agendado o texto para o desafio da cor,desliguei o pc à hora de jantar.

Sentei-me no sofá a ver a RTP1( não vejo novelas, passam muitas, farto-me, vejo o primeiro episódio e chega!),mudei depois para outros canais, falava-se de futebol, até que me deixei ficar a ver a novela brasileira da SIC, apeteceu-me.

A gata tem o hábito de se sentar em cima das minhas pernas, mas pesada que está,quando me levantei para ir dormir,além de me doer o ombro, estava empenada da minha anca.

Deitei-me, as dores no ombro eram muito fortes, percebi que dificilmente ia adormecer.Lembrei-me que tinha feito uns exercícios de alongamentos, talvez tivesse exagerado porque quando me deitei tinha dores do lado direito do pescoço. E é este o lado que gosto de dormir, foi uma noite cansativa,  nenhuma posição era confortável, as dores eram muito fortes.

Pensei tomar um anti-inflamatório, mas é aconselhável tomar durante uma refeição. Com muita paciência, esperei que a manhã chegasse para tomar o pequeno-almoço e o comprimido.

Às 06h30 a gata miava, não me deixava em paz, levantei-me para ir à casa de banho, fui abrir a porta da varanda e puxar o estore para cima, ela saiu e entrou de imediato.

Acho que quando chove de mais ela fica agitada.

Fui para a cama.Passado um pouco, ela voltou a miar, empurrou a porta do quarto e eu "disse-lhe" para se deitar na minha cama, batendo com a mão no edredom. 

Uns minutos depois, estava ela aos pés da cama a ressonar.

E eu continuava com dores, arrastava o corpo para me virar de lado, ou para ver as horas, que nunca mais passavam, para me levantar e tomar o comprimido.

Acho que adormeci por uma hora quando despertei eram 09h30.

Saí da cama,sentiu uns suores quentes,depois frios, fui para a cozinha, pus pão na torradeirra, comi metade para tomar o comprimido.

Os suares continuavam, sentada na cadeira, baixava a cabeça, ia comendo o pão ( acreditei que seria fraqueza).Senti-me melhor.

Levantei-me, fui pôr mais pão na torradeira, preparei iogurte com os bagos da romã,e os flocos de cereais. Desta vez não preparei a cevada, tomaria o café a seguir.

Tomei o comprimido com um copo cheio de água.

No banho era quase impossível mexer o braço, mas com cuidado, ensaboei-me.

Vestir, foi pior.

Com calma preparei-me para passar na padaria e na frutaria. Quando saí de casa, por volta das 11h30, já não tinha dores.

Estou muito melhor, mas ao jantar vou tomar outro comprimido.

E o tempo continua cinzento,choveu muito durante a noite.Os meus pensamemtos andavam à deriva, comentei que este ano não vamos ter falta de água.

Hoje tinha uma consulta na Póvoa de Varzim.Com este tempo não me apetecia conduzir, adiei para a próxima semana, que me parece vir o Sol.

Confinada dentro de casa, faço as compras de pão e fruta para uma semana. Saio para tomar conta do  sobrinho neto  nas horas de tele trabalho da mãe.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.