Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




quando devia reclamar, calei-me...

por Maria Araújo, em 19.03.14

 

 

No passado mês, tive de prenda de aniversário uma sweat MD.

Nesta marca, visto o tamanho "S", mas nem todas as peças são à minha medida e, neste caso, o tamanho "S" estava grande.

Fui à loja para fazer a troca pelo "XS", caso houvesse.

A funcionária, que entrou recentemente para a loja (trabalhava na loja ao lado que fechou),  foi verificar no pc. A única peça que havia, estava numa loja do Porto.

Perguntei se era possivel pedir que enviassem para cá. 

Foi feito um registo, anotou o meu contacto, e pediu-me que aguardasse alguns dias.

Passei lá mais tarde, ela não estava, comentando, quem me atendeu, que ainda era cedo para ter a sweat pois o recoveiro demorava alguns dias.

Voltei 15 dias depois, a funcionária não estava, a gerente da loja perguntou-me o que se passava, expliquei, virou-me as costas ao mesmo tempo que dizia"podemos cortar o comprimento das mangas", e deixou-me sem mais nem menos e pedindo a uma colega para me atender.

Fiquei furiosa, mas aceitei.

Volto a explicar e diz-me, esta: "de facto, lembro-me de ver a minha colega registar o pedido, mas esteja tranquila que  a peça vem, demora algum tempo a chegar".

Respondi que o tempo estava a passar e depois não podia fazer a troca.

Passou mais uma semana, até que, na sexta-feira passada, voltei à loja.

Perguntei se não estava a menina "x ", ao que, finalmente, me respondeu: "A minha colega está de férias. É nova na loja , tinha férias para gozar, mas se for alguma coisa que eu possa ajudar..."

Pergunto imediatamente, "quando chega ela?".

"Deve vir só na terça-feira."

"Ok, na terça-feira apareço cá, é com ela que quero falar"

Ontem de manhã, passei, mais uma vez, e a funcionária não estava. Entrava às 11:30h (faltava cerca de 10 minutos, mas como tinha coisas para tratar, deixei para a tarde).

E regressei por volta das 17:30h. Vi-a nos provadores, a gerente estava por perto e perguntei se podia falar com a menina "x".

Ela veio ter comigo, carregada de roupas. A gerente ficou a ouvir.

Tirei a sweat do saco e perguntei se se lembrava do registo que fizera para pedir para a loja do Porto o envio de um tamanho mais pequeno. Ficou um pouco atrapalhada (percebi o que desde o início senti sempre que lá fui: esquecera-se de fazer o pedido) e porque não sabia o que dizer, arranjou uma solução que a liberou, " não há este tamanho no Porto".

A gerente pega na sweat, vai ao computador e diz: "nunca tivemos nas lojas o tamanho "XS", só há na loja online".

Fiquei chateadíssima, porque podiam ter resolvido logo o assunto.

E a solução foi deixar a que tinha para cortar ao comprimento das mangas...embora a sweat esteja larga.

E eu feita parva, porque devo ter cara de pobre e educada, não disse nada.

Não me faltou vontade de lhe dizer que ela confirmara que havia o tamanho "XS"e que fizera o pedido, mas sinceramente, há funcionárias que olham para certas clientes (como eu) com ar de desprezo, que eu preferi não dar mais importância ao caso e ignorá-las.

Se poucas são as vezes  que entro nesta loja, vou evitar e passo a ir à do centro comercial.

Sábado, vou buscar a sweat que ficou para arranjo. Vou procurar que seja a funcionária "x" a atender-me...talvez lhe faça o reparo do erro que cometeu.

Quando entro nas lojas onde as funcionárias olham os cliente de alto a baixo, fico possessa.

 

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De CC a 22.03.2014 às 21:37

Fico muito triste Maria que a tenham tratado assim, ainda para mais quando se trata de uma marca tão conceituada como a que está em questão. Não esperava isso tipo de tratamento, sinceramente... Em todo o caso, apesar do pouco profissionalismo da pessoa que a atendeu, a responsável por esse episódio infeliz é também a gerente da loja, porque é ela quem deve formar e informar os seus colaboradores de todos os processos inerentes ao funcionamento/gestão de loja. Infelizmente, aquilo que me parece é que as pessoas guardam para si o conhecimento, e não percebem que isso só pode enriquecer as equipas com as quais trabalham... Como sabe eu trabalho numa loja e sei isso muito bem. Eu sugeria-lhe uma coisa... levante a sua sweat, mas peça o livro de reclamações. É merecido e é o seu direito enquanto consumidora. Ao menos podem avaliar o trabalho da gerente que não me parece de facto, o melhor.

Beijinho*
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.03.2014 às 13:48

Olá CC.
Sabe que quando escrevi este post lembrava-me de si?
E não sei porquê, algo me dizia que a CC viria cá e faria o seu comentário.
Obrigada pela sugestão, mas esqueço-me sempre do livro de reclamações.
Aliás, no ano passado, aconteceu reclamar umas peças por e-mail, mandaram-me ir à loja. Quem me atendeu, foi a gerente edespachou-me com uma pinta d caraças (desculpe-me a expressão). Fez a troca de uma peça e lixei-me que ainda paguem un quantos euros a mais.
Lá está, esqueço-me do livro de reclamações.
Um beijinho,CC.
Sem imagem de perfil

De CC a 23.03.2014 às 14:34

Não podia deixar de comentar Maria. Não se esqueça do livro, é um direito do consumidor e um direito seu. Infelizmente, existem pessoas que ocupam cargos hierárquicos superiores (gerentes e sub-gerentes), que no final do mês levam para casa um salário bastante superior ao dos restantes colaboradores e não se esforçam minimamente pela formação profissional das respectivas equipas. Se há alguma coisa que está a falhar nessa situação é, acima de tudo, o trabalho dessa senhora, supostamente, responsável pela loja. Se eu tivesse um cargo desses, nunca em momento algum deixaria mal os meus funcionários e os meus clientes. Infelizmente existem patrões e gerentes que para se livrarem dos seus próprios erros, culpabilizam colaboradores. Reclame Maria, por si, e por mim também. Torne o mundo um bocadinho mais justo. Não custa nada! Beijinho*
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.03.2014 às 18:53


Obrigada, CC.
E desculpa as falhas no meu comentário anterior.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Carapau a 19.03.2014 às 22:23

Eu cá ia-me a ela e arrancava-lhe o cabelo. :))
É para evitar casos como esse que eu só compro pelas montras. Preciso, vou dar uma volta pelas montras. Se há o que quero, entro pergunto pelo número. Se tem, compro; se não tem, saio. Em geral nem falo com ninguém.
Mas mulher é "outra loiça".... :)))
Bjo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.03.2014 às 22:36


As clientes também fazem a loja, e neste caso, a MD tem muitas clientes que vivem da aparência e vão para lá falar "fino". Elas, as funcionárias, gostam.
Se fosse a minha sobrinha ( a que vive no Brasil, não se calava).
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Emília Pinto a 19.03.2014 às 21:44

Também fico possessa e nunca mais lá entro; mas, penso que te esqueceste de uma coisa; agora há o livro de reclamações oficial e com certeza eu usa-lo-ia. Uma vez no Brasil, na cidade onde morei fui comprar umas roupas na boutique que a minha cunhada usava; fui com a minha mãe; era um loja chic e tinha lá umas madames sentadas, todas " senhorecas; eu ia de saia de ganga e chinelinho, pois o calor era muito; comprei um vestido, coloquei em cima do caixa e fui procurar um outro. Quando o trouxe a senhora perguntou: " desculpe, viu o preço do vestido?" Eu respondi: " não vi, mas vou levar de qualquerJeito ". Claro que tinha visto que era caro. O que aconteceu foi que ela olhou para mim, vestida tão simples que achou que eu não tivesse dinheiro para o vestido. Não fosse eu ter encomendado umas coisas para a minha filha, não teria voltado lá. Quando fui buscar as tais coisas ela recebeu-me com uns " salamaleques que me enervou. Escusado será dizer que nunca mais lá voltei e, como deves imaginar, sempre que vou ao Brasil é nessa cidade que fico, pois foi lá onde vivi e é lá que vivem os meus familiares. Aqui faço igual; gosto muito de comprar no comércio tradicional, mas há algumas lojas em que entro só se não tiver alternativa. beijinhos, amiga e...penso que vai ser uma camisola que não ficará bem; só cortar as mangas? E o resto?. Haja paciência, não??? Beijos
Emília
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.03.2014 às 22:32


Tempos houve que eu ligava às marcas e achava-me "a maior" quando entrava numa loja mais fina.
Agora, estou-me borrifando para isso.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Rui Espirito Santo a 19.03.2014 às 20:28

Não sei se te lembras que ainda há pouco se falou na Oprah Winfrey (só uma das mulheres mais ricas do mundo) , e que depois de pedir numa loja uma determinada carteira, caríssima, viu a empregada virar-lhe as costas a resmungar, dizendo ao mesmo tempo que a dita mala não era para o dinheiro dela (claro que por ser negra e estar vestida à vontade) !
Claro que não foi o caso, mas pessoal deste há-o em todo o lado e não sabem dar graças por terem um emprego !
Curiosamente são estas que mais reclamam quando são despedidas ! :((

Bj.
.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.03.2014 às 22:30

Tenho a certeza que estas funcionárias, como clientes num outro lugar qualquer, são as mais exigentes.

Beijinho

Comentar post



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR