Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

03.04.19

para mais tarde recordar # 1

Maria Araújo

Todos os dias vou buscar o meu sobrinho neto bebé ao infantário.

Costumo perguntar se comeu ( ele come bem) ou dormiu a sesta ( estas costumam ser curtas), a educadora ou as auxiliares respondem às minhas perguntas e/ou transmitem alguma informação que comunico, depois, à minha sobrinha.

Ele é um bebé simpático, risonho, tem uns olhos azuis lindos, que são muito elogiados, e, como a maioria dos bebés, é muito malandro.

Raramente usa babete, nem gosta de ver os amiguinhos com ela, era hábito seu gatinhar atrás deles e tirá-las.

Desde o fim de semana que tem andado aborrecido, não dorme a sesta, ou se dorme são pouco minutos, ontem fui buscá-lo, fiz a pergunta de sempre.

A auxiliar que o vestia contou-me quaquer coisa como risos, mas não entendi bem, trouxe o bebé, que adormeceu no carrinho durante o percurso colégio-casa.

Há pouco a minha irmã ( que o adora) ligou-me. Contei-lhe que, hoje, quando a mãe chegou do trabalho, brincamos muito com ele, cá em casa.

E de repente, perguntou-me se eu sabia o que acontecera, ontem, no colégio.

E foi então que soube a história completa.

Os bebés estavam deitados nas suas camas para dormir a sesta depois do almoço. Todos sossegados, o meu sobrinho neto não adormecia. De repente, dá-lhe  um ataque de riso (e ele tem um riso contagiante, até nós rimos com ele) que todos os outros bebés soltavam risadas, foi uma paródia naquele dormitório.

Quando sossegaram, e o bebé não dormia, levaram-o para a sala de brincar.

Ontem, quando a mãe escovava os dentinhos antes de ir dormir, descobriu que vêm dois a caminho.

E são estes, certamente, que o põe agitado e não o deixam dormir a sesta.

Há pouco, a minha irmã comentou comigo que aconselhou a nossa sobrinha a registar estes episódios do bebé, para um dia mais tarde recordar.

Ela tem pouquíssimo tempo para isto, decidi registar aqui no meu cantinho, sempre que houver alguma coisa a contar deste meu sobrinho neto bebé, e também dos outros quatro sobrinhos netos que são a alegria da família ( o sexto está para nascer).

Ajudei a criar os sobrinhos, chegou a vez dos meus fofos sobrinhos netos.

Pena que quatro estejam fora do país.

 

* para mais tarde recordar:

aqui, aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post