Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Seg | 04.01.21

os grandes descontos

a semana passada, passei na Livraria Bertrand, um letreiro dizia que só nesse dia todos os livros tinham 20% de desconto e outros até 50%.

na verdade, a maioria dos que eu queria tinha apenas 10%. 

estava interessada na compra de " Margarida Espantada", o funcionário  perguntou-me se tinha cartão bertrand, embora já tivesse, em tempos, comprado vários livros, não me recordo de o ter, ou desfiz-me dele. 

lembrei-me de perguntar se  podia utilizar o de um familiar, e tendo resposta afirmativa, pelo número de telemóvel veria a ficha de cliente e faria o desconto.

antes de pagar, pedi autorização ao meu familiar.

no pagamento, a funcionária fez confusão, perguntava-me se queria usar os pontos do cartão. expliquei o que o colega me havia dito, eu só queria pagar com desconto em cartão, não usar os pontos que não me pertenciam.

desfeita a mesma, diz-me ela " temos aqui um livro com 50% de desconto, não quer levar?"

fiquei estupefacta a olhar para ela.

apesar de só ter 10% no livro que queria, comprar um livro que desconhecia por metade do valor, não estava nos meus planos, respondi que não.

mas ela insistia que era um bom livro, que é um romance que acontece durante a guerra, um bom autor, que valia a pena aproveitar, e tal.

insistia na venda do livro, o meu pensamento dizia-me " o livro deve ter pouca saída, estão a despachá-lo por metade do preço", e a persistência era tal que eu, que não sou das que compra  dois e traz um grátis, que nem era o caso, já não queria ouvir a mulher, trouxe o livro.

não gosto deste género de marketing, não gosto de trazer o que me impingem.

desconhecia esta forma de vender livros, tinha outros em mente, trouxe o de um autor que não conheço.

e assim se gasta dinheiro sem querer.

lendo a sinopse, o livro parece ter uma história interessante.

 

16 comentários

Comentar post