Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

opinião

Maria Araújo, 22.01.21

Hoje estive a servir de ama do meu sobrinho neto.

A mãe  veio buscá-lo para almoçar,  disse que ficaria em casa com ela mesmo em tele trabalho, cuidava dele, o que não é tarefa nada fácil, sabendo eu o que ela passou no primeiro confinamento, mesmo que com alguma ajuda minha.

 Da tarde,depois da sesta dele, fui para casa daminha sobrinha brincar com o menino, ele  solicita-a para tudo,quer atenção e a  mãe não consegue trabalhar.

Ora, durante a manhã, e para desanuviar do sempre e repetitivo Canal Panda, que ele muito gosta, ouvi um pouco da Opinião Pública na SIC Notícias.

Opiniões diversas sobre o fecho das escolas, até que uma dada altura ouvi um senhor que disse ter um bebé.Manifestava algum desagrado pela atitude do governo pois tem de cuidar do bebé, e tele trabalha, especificando o que já tinha feito de trabalho,  até ligar para lá ...mas tinha a esposa, também, em tele trabalho.

Até aqui tudo bem, mas não gostei de o ouvir dizer que o governo não ajuda nada a quem está em tele trabalho e com os filhos em casa.

Eu pensei em tanta gente que ficou desempregada, com filhos, sem dinheiro para comer e pagar as contas do mês,e o estado tem de subsidiar quem está a trabalhar?

Todos sabemos que se uma família tiver filhos e se um deles estiver em tele trabalho, o outro fica com as crianças até aos doze anos, e recebe dois terços do salário base pagos pela entidade empregadora e pela Segurança Social.

Já agora,o estado tem de sustentar tudo e todos?

Acho que nos habituamos demais aos subsídios.

 

7 comentários

Comentar post