Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




o preço dos medicamentos

por Maria Araújo, em 22.01.18

807428.jpg

 

Se pudesse evitá-los, seria óptimo, não sendo possível, devo aceitar o  que médica(o) aconselha ou decide que tenho de tomar.

Ano passado, fiz uma densitometria óssea, a médica de família aconselhou-me tomar um medicamento para a osteoporose. O médico fisiatra dizia que é tudo treta, que não tomasse, que faço exercício fisíco, deixou-me ainda mais indecisa se havia de tomar ou não, dei um tempo até à consulta de ginecologia e pedir conselho à jovem médica, em quem confio. Aconselhou-me a tomar a medicação pelo menos durante 2 anos. Com acesso à ficha, passou-me nova receita de tudo o que tomo actualmente, e vários exames que devia fazer, ou seja, um check up ( colonoscopia, endoscopia).

Feitos os exames, voltei à consulta, há cerca de 15 dias, falamos deles. Queixei-me da dor na anca e da minha ida à urgência, que o ortopedista disse que a dor que sinto não lhe parecer nada relacionado com esta especialidade (os exames assim o disseram), prescreveu as ecografias ginecológia, bexiga e partes moles ( fiz hoje) para tirar dúvidas.

Com a receita por aviar, eis que um dia da semana passada, volto a verificar os encargos mínimos dos medicamentos, escrevi sobre o assunto aqui, de repente, observo o fundo da página, que nunca lera, reparei que tem um link para o site do Infarmed onde se pode verificar o preço dos medicamentos.

Ora qual não foi o meu espanto, descubro que a farmácia habitual vende-me o medicamento ( o que tenho de tomar durante 2 anos) mais caro, numa lista de 20 com a mesma composição.

Foi o mote para comparar o valor que  pago de todos os medicamentos que preciso, e que são rotina há anos.

O que acontece é que antes de as prescrições passarem a ser informatizadas, o  médico escrevia o nome do medicamento, seguido da  sua composição, a farmácia aviava-o pelo nome, excepcionalmente o genérico, ou de outro laboratório, se não tivessem o prescrito.

Agora, são poucos os que trazem o nome, as receitas são prescritas com o nome da substância, vai-se à farmácia que, salvo raras excepções, pergunta ao utente se quer o mais barato, vende o mais caro.

O "meu"  medicamento tem o PVP de 18 euros. Com a comparticipação fica por 11,20 euros, uma caixa dá para 4 semanas, é tomado um por semana,  na última receita trouxe as caixas prescritas, não necessito para já de mais.

Voltando ao assunto Infarmed, entrei no site em pesquisa de medicamentos, bastou-me escrever o nome  da substância, abriu-se uma lista de medicamentos com as mesmas características e cujo valor aparece por ordem crescente.

Fiquei de queixo caído.

O medicamento que me fornecem na farmácia é o último da lista, o mais caro de todos.

Tomei nota na receita os vários nomes de medicamentos para pedir na  farmácia um dos mais baratos.

Fui hoje aviar uma parte, devido à validade da prescrição, deixei o acima referido para mais tarde porque tenho para um mês e a sua validade vai até Julho.

Entregue a prescrição, o funcionário da farmácia repara nos nomes dos medicamentos que tirei do site do Infarmed, e o que não preciso para já, pergunta-me qual deles quero.

Respondi que esse ficará para o próximo mês, queria uma caixa da Sinvastatina e as duas do outro porque ao pravo de validade  acaba início do mês de Fevereiro.

Mostrou ter ficado chateado, e sou cliente da farmácia há anos, perguntou com alguma arrogância, que Sinvastatina queria.

Respondi que não sabia visto que já levei de vários laboratórios, que me desse uma delas ( o preço não é alto, embora já tivesse pago mais de 2 euros).

Pediu-me o cartão de cliente, veria na ficha a última que trouxera.

Já em casa, verifico a  factura. A Sinvastatina que trouxe é a que vem com o valor indicado na prescrição, 1,74 euros.

Então, a partir de agora, sempre que tiver de comprar medicação, e antes de aviar a receita, procuro neste site, os nomes dos mais baratos.  Não mais me levam por lorpa.

Andamos alheios a muita coisa neste país, damos mais importância às coisinhas que são notícia explosiva, aos  comentários estúpidos nas redes sociais, esquecemos que pagamos impostos, temos deveres, mas também direitos. Darem-nos a possibilidade de escolher entre vários produtos iguais ou semelhantes o que queremos,  é um dever cívico.

E o preço dos medicamentos é dose!

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

De José da Xã a 23.01.2018 às 20:53

Maria,

eu evito genéricos.
A minha cunhada é médica e faz o mesmo.
Para o colesterol o melhor é o Crestor (passe a publicidade).
Até amanhã.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.01.2018 às 21:45

José, o Crestor tem PVP de 32,87 euros e sendo comparticipado, é de 20,71.
É dose, caramba!
Sabes que há uns anos, uma médica receitou-me um medicamento de um laboratório penso que alemão, não era comparticipado, pagava cerca de 30 euros por cada embalagem que penso só dava para um mês.
De facto, fez efeito, mas todos os meses pagar 30 euros, era difícil suportar.
Hei de falar com a médica quando for à consulta...se não me esquecer.

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.01.2018 às 21:58

José, dos medicamentos que falei no post, alguns são genéricos, sim, mas tem uns quantos de outros laboratórios, que não são genéricos, e o preço para o utente ronda os 4 euros.
Imagem de perfil

De Carlos a 23.01.2018 às 10:35

Felizmente não tomo medicação!
Mas esta é uma dica a levar em conta, principalmente quando se tem uma família que infelizmente já toma muita medicação!
Obrigado pela dica.
Beijinho Maria!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.01.2018 às 14:47

Recomendo que consultem o site.
Oxalá nunca precise para si, mas a família, os amigos, podem precisar.
Está lá tudo especificado.
Beijinhos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.01.2018 às 03:20

Não é só aí, acredite que não é só aí...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.01.2018 às 14:48

Acredito, sim.
As farmacêuticas e o estado ganham muito com isto.
Mas já foi pior.
Imagem de perfil

De Happy a 22.01.2018 às 21:45

Não tomo medicação por isso desconhecia. Mas hei-de ver os dos meus pais.
Boa dica! Obrigada.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 22.01.2018 às 22:13

Pois é, Happy, eu também gostaria de não tomar, mas a tiróide, o colesterol ( que tom há um bom par de anos) e agora a prevenção da osteoporose, levam-me a tomar.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.01.2018 às 21:41

Será sempre uma longa discussão... Se por um lado muitas farmacêuticas não são propriamente as instituições mais sérias do mundo por outro é necessário um investimento de milhões que tem de ser pago...

Depois não podemos esquecer que os medicamentos estão sujeitos às leis do mercado...

Finalmente, quantas vezes não achamos um medicamento caro e quando nos damos conta, os contribuintes ainda pagaram o dobro ou muito mais pela comparticipação...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 22.01.2018 às 22:14

e esquecera-me disto, Robinson:

" os contribuintes ainda pagaram o dobro ou muito mais pela comparticipação..."
Imagem de perfil

De Maribel Maia a 22.01.2018 às 20:53

Concordo e manifesto o meu lamento por isso! Tantas pessoas que não podem suportar o valor da medicação...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 22.01.2018 às 22:19

O medicamento em causa neste post, como referi, fica-me por 11,20, quando os outros, de laboratórios diferentes, vão dos 7 ,00 aos 9,16, PVP, e nos encargos refere que o máximo que me pode custar, dentro destes, ronda os 3,45 euros.
Uma diferença de cerca de 8 euros.
É por isto que temos de estar atentos e verificarmos os preços, ou pedir na farmácia um medicamento mais barato.
Eles têm obrigação de nos informar, sugerir, aconselhar.

Comentar post



foto do autor


fotogatia


o meu instagram


Desafio - Foto da Semana


2º desafio de leitura

desafio



Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D