Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

21.10.20

nas caixas de pagamento

Maria Araújo

Ontem, na caixa do supermercado, as compras no saco, e pronta para pagar, a funcionária mostra-me uma embalagem de produto de cosmética, de rosto, marca da casa, e pergunta se quero experimentar, que é um bom creme.

Respondi que não queria, que uso outras marcas, que se quisesse procurava na prateleira.

Posou-a no sítio.

Não concordo, nem gosto, que estas empresas de produtos alimentares ponham as funcionárias das caixas a fazer o que as pode deixar acanhadas.

Eu ficaria, com toda a certeza.

Hoje, fui ao hipermercado procurar isto ( já que fazem tanta publicidade,faço o que posso para evitar usar plástico), para experimentar.

Passei na loja de produtos para animais, não entrei enquanto não saíram pelo menos dois dos cinco clientes que estavam lá dentro, reparei que na caixa estavam pendurados um sacos reciclados, com figuras estampadas de animais e pessoas, faziam publicidade solidária à casa, com o preço 3,50 €.

Fui à prateleira buscar o que queria, na altura do pagamento a funcionária pegou num saco e perguntou-me se queria aderir à campanha solidária, explicando em que consistia.

Respondi que tenho ( e é verdade) uma boa quantida de sacos de pano reciclados que uso constantemente quando vou às compras, que sou solidária de outra forma.

Ora bem, eu ajudo sempre que posso e quero, e os animais estão em primeiro lugar,mas acho os sacos caros e tenho a certeza de que sempre que fosse à loja comprar ração para a minha gata, ia esquecer-me dele, logo a minha solidariedade ficava em casa. E não comprei.

A propósito de solidariedade, há quatro meses que ajudo uma amiga a solucionar o que a Câmara/ Agere não resolve, e que é esterilizar as gatas que andam aos montes pelos quintais ( e no cemitério).

 Fez um acordo com uma veterinária de levar uma ou duas gatas a cada mês para esterilizar( são dez) muitos dos gatinhos que nascem, morrem.

Como ela não consegue suportar uma despesa tão grande, pediu ajuda às amigas,até porque também gasta muito dinheiro em alimento... e os muitos gatos que andam pelos quintais, fica com o coração triste sempre que vê as gatas prenhas.

No primeiro mês, arrecadei da minha familia uns bons euros,deu para resolver pontualmente duas ou três esterilizações.

Depois, com o dinheiro que mensalmente lhe dou,e mais algum de outras amigas,vai gerindo este processo conforme pode.

Não sei como está a situação, prometi que, da minha parte, todas as gatas serão esterilizadas.

Não menosprezando a campanha referida, prefiro a solidariedadeque presto à minha amiga.

As gatas esterilizadas:

gatas.jpg

 

 

 

 

16 comentários

Comentar post