Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ganhei duas maçãs

por Maria Araújo, em 19.09.19

Precisava de passar no banco e ficando este a dois passos do provisório mercado municipal, a ideia era trazer o mínimo de compras, ia sem carro (uso carro para as grandes compras e para outras que fiquem longe de casa) decidi, hoje, fazer as compras fora do espaço habitual, passei, então, nas vendedoras que  vendem os seus produtos  num espaço à parte, sem bancadas.

Em nenhuma compra que fiz aceitei o saco de plástico que me ofereciam. Eu tinha vários sacos de papel do pão, deu para todos os produtos.

Em vendedores diferentes comprei de 1kg de tomate cherry, paguei 0,50 €; beringela , meloas e alface, paguei 2€; alho francês 0,50 €; ameixas 1€.

Vi uma senhora com um grande cesto de maçãs, ela pega num saco de plástico, digo que não quero o saco, vendo que eu tinha o de papel não mão, diz-me:

- Muito bem! Mas deixe-me usar o meu só para pesar e passo depois para o seu.

Depois de pesadas passou-as para o meu e comenta:

- Sabe que para o ano vai ser proibido usarmos sacos pequenos de plástico?  Olhe, acho muito bem. Antigamente, íamos comprar o pão, levávamos o saco,  íamos à mercearia, levávamos o saco. Este tempos modernos vieram alterar tudo e agora que o ambiente está como está, querem acabar com isto, e olhe que eu acho muito bem.E porque a menina está a poupar o ambiente, gostei muito do que fez, dou-lhe mais duas maçãs. 

E eu sorri.

Ainda comprei um ramo de flores 1,50€.

Os meu braços não podem carregar tanto peso, um quilo disto, outro daquilo, o certo é que vim carregada para casa.

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

De Maria Sá a 19.09.2019 às 21:33

Grande exemplo e grande testemunho, Maria!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 20.09.2019 às 21:50

Fiquei surpresa com o que a vendedora me disse, sobretudo porque é uma mulher da aldeia.
Imagem de perfil

De Happy a 19.09.2019 às 16:46

Eu compro aos produtores locais, mas a preços bem mais altos!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.09.2019 às 19:35

Pois, mas no Algarve é tudo mais caro.
Imagem de perfil

De Bia ❤️ a 19.09.2019 às 15:05

Que bem!!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.09.2019 às 19:36

Também merecem que as ajudem.
Imagem de perfil

De MJP a 19.09.2019 às 13:56

Oh Maria... que "inveja" desses preços!!!...

Dia Feliz!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.09.2019 às 14:22

Se for às bancadas, o preço é mais alto,mesmo assim, pouco em relação aos supermercados.
A semana passada, comprei pêssego num supermercado. Fiquei muito desiludida, nenhum estava comestível.
Lindo por fora, escuro por dentro.
Já cheguei a comprá-los a estas vendedoras, pequenos, sem químicos, mas saborosos.
E foi por isto que trouxe as maçãs. Podem não ser bonitas,mas com certeza serão saborosas.
Aqui no norte,chamamos às senhoras que não tem bancada ( dizem que é porque não estão colectadas) vendem os seus produtos nos cestos que trazem de casa, de regateiras.
Por isso, vendem mais barato.

Imagem de perfil

De MJP a 19.09.2019 às 14:28

Eu, também, costumo comprar aos pequenos produtores locais... a qualidade é, de facto, muito boa... mas os preços andam um bocadito "inflacionados"! :(
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.09.2019 às 14:49

Aí no sul, tudo é inflacionado.
Imagem de perfil

De MJP a 19.09.2019 às 14:51

Infelizmente, é verdade, Maria! :(
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.09.2019 às 14:38

Sobretudo se não pagaram impostos ;-)

Mas sem dúvida que se consegue produto melhor e a preços bem em conta.

Excelentes compras, Maria.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.09.2019 às 14:55

Segundo me disseram em tempos, as vendedoras que não estão colectadas devem pagar um valor simbólico à câmara, e o lugar que elas têm acesso para venderem os produtos é ao ar livre, sem cobertura, esteja frio, chuva ou vento.

Como o mercado está em obras, provavelmente vai passar a ser coberto e espero que sim, porque estas senhoras têm poucas condições.
Neste mercado provisório, estão como todas as outras, mas não têm bancadas para colocarem os produtos.

Comentar post



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR