Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

23.04.16

Em Torno era a Primavera,

Maria Araújo

No Dia Mundial do livro, um autor português, uma pequena passagem de uma história apaixonante...

 

 

 

o sonho de um poeta. O Gato Malhado teve vontade de dizer algo semelhante à Andoroinha Sinhá. Sentou-se no chão, alisou os bigodes, apenas perguntou:

– Tu não fugiste com os outros?

– Eu? Fugir? Não tenho medo de ti, os outros são todos uns covardes... Tu não me podes alcançar, não tens asas para voar, és gatarrão ainda mais tolo do que feio. E olha lá que és feio...

– Feio, eu?

O Gato Malhado rui, riso espantoso de quem havia desacostumado de rir, e desta vez até as árvores mais corajosas, como o Pau-Brasil – um gigante  estremeceram...

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo

    23.04.16

    É uma história para todos.
  • Imagem de perfil

    sandrasofia

    23.04.16

    Posso perguntar o número de páginas desse livro????
  • Imagem de perfil

    Maria Araújo

    23.04.16

    Desculpa, Sandra, mas lês um livro pelo número de páginas ou pelo interesse que ele possa ter para ti?
    Pensa nisso.
    (Este livro tem 66 páginas).
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.