Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

10.12.14

E o ditado diz: "cá se fazem, cá se pagam"

Maria Araújo

A propósito do meu post anterior, será que alguém "escutou" meu pensamento e vingou-se?!

Tenho o hábito de lavar os sacos de plásticos que não são reutilizáveis e colocá-los no balde da reciclagem.

Depois de lavar a loiça, lavei o saco de uma carne que cozinhei e deixei que a água escorresse para a pia e fui pô-lo no balde.

Teriam saltado uns pingos para o chão e eis que escorrego, bato com a nádega direita no chão, ao mesmo tempo que a mão direita bate com força dentro do vaso que está junto ao balde, vira-se e espalha a terra no chão. A minha sorte foi a terra amortecer a batida do pulso, caso contrário, teria batido no chão e seria o diabo. Doeu "bué".

Fui lavar as mãos e massagei o pulso com Voltaren. E está um pouco inchado.

Tenho hematoma na nádega? Não sei, fiquei mais preocupada com o pulso.

Criticaste, cantinho, o tempo que esperas na clínica? Toma!

Não tenhas cuidado, não vás ter de regressar a mais sessões (lá para fevereiro) mais cedo do que o previsto.

Cá se fazem, cá se pagam (cruzes, canhoto)!

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.