Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




o electricista

por Maria Araújo, em 25.08.17

electriecien12.gif

 

Com algumas reparações eléctricas para fazer em casa, uma delas tem a ver com os disjuntores no quadro eléctrico, e depois de ter contactado várias vezes e pessoalmente uma empresa habilitada para o fazer, ficaram de me dar uma resposta, que nunca chegou.

Consegui um contacto de um electricista credenciado, liguei à pessoa a primeira vez ( confirmou que é, sim, credenciado) que me comunicou ligar mais tarde, tinha uma semana com bastante trabalho.

E marcou um dia, da semana seguinte, para me ligar e confirmar a hora que passaria por cá.

Esperei quinze dias. Nada. 

Liguei-lhe.

Andava por perto, veio cá a casa nesse mesmo dia.

Viu o que era preciso fazer, deu-me algumas explicações de coisas que eu já sabia, traria um catálogo para escolher interruptores novos, ligava na sexta-feira ... da semana passada.

Passaram dez dias e o homem não deu sinal.

Mas não vou ligar-lhe.

Espero mais uma semana. Não me contactando, vou ignorá-lo e procurar alguém que faça o serviço.

Quero resolver o problema do quadro eléctrico que há muito que devia estar feito.

Eu não gosto de mexer nos fios eléctricos, mas não falta quem o faça cá em casa.  A questão é mesmo o tempo. Por isso, os interruptores ficam para a família.

Considero ser  falta de profissionalismo as pessoas comprometerem-se a fazer um trabalho, não telefonam, não aparecem, não dão uma satisfação.

Não precisam de dinheiro.

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.08.2017 às 22:38

Dou tanta importância ao varredor como ao médico, engenheiro, doutor de direito, seja lá o que for.
Até admiro mais as profissões "menores" que são muito úteis e ganha-se um bom dinheiro.
A questão é fazer bem feito.
Os mestrados são para "empatar" os jovens mais um ano, e não sei para quê.
Os brasileiros dão importância demais ao dr antes do nome, mas por cá já há muito jovem que faz questão que o(a) trate de doutor(a).
Conheci uns tantos no ensino!
Bom fim-de-semana.
Sem imagem de perfil

De P. P. a 25.08.2017 às 22:40

Tbm penso que servem para empatar e dar trabalho a professores que não querem regressar ao ensino secundário ou básico. No superior, os toques e horários rígidos não existem. Claro que, isto não se aplica a todos.

Um bom fim de semana.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 26.08.2017 às 15:05


Estamos de acordo.

Bom fim-de-semana.

Comentar post



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR