Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Sex | 21.05.21

Desafio dos Pássaros 3.0 - Tema 2

Afinal havia outro...

Era uma mulher viúva, tinha um filho ainda pequeno quando conheceu o que viria a ser o seu companheiro durante cerca de treze anos.
Construía, na altura, um casarão, nos arredores da cidade. Dois andares, uma enorme garagem. Um jardim à volta dele que, além de flores, cultivava legumes.
Ele era empresário, viúvo, tinha os filhos crescidos, deixou a sua casa e foi viver com ela.
E muito investiu naquele casarão.
Mostrava-o aos amigos que iam visitá-la, sobretudo nas festas de aniversário do seu filho.
Um dia , numa festa, a acontecer na garagem, que as filhas dele também foram convidadas, e porque não conheciam a casa, sem que a anfitriã percebesse, foram espreitar os andares de cima.
Tudo muito "bem" mobilado, aquele estilo dom não sei das quantas, os pés da mesa da sala de jantar eram rsotos de leão.
O sótão estava carregado de brinquedos, por abrir, que eram oferecidos, no Natal e aniversário, ao filho, mas que ela não deixava que brincasse com eles.
Passaram pela cozinha.
Acharam estranho que o movimento na garagem fosse grande e esta cozinha estivesse intocável. E o fogão não tinha sinais de que alguma vez tivesse sido usado.
Desceram sorrateiramente até à garagem.
Uma grande mesa, encostada à parede, cheia de comida para os convidados, perguntavam-se de onde viria tudo aquilo.
Não conheciam ninguém. O pai fazia as honras da casa, ou seja, da garagem.
Aproximaram-se de uma porta aberta. E espreitaram.
A azáfama de algumas mulheres era grande.
Afinal havia outro...  fogão, numa grande cozinha na garagem.
Nesse ano,a pedido do pai, passaram lá o Natal.
Toda a festa foi passada nesta cozinha.
Dois anos depois, elas disseram ao pai que só passariam o Natal se fosse feito na sala de jantar.
Mas nunca mais voltaram àquela casa.

 

 

18 comentários

Comentar post