Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

desafio dos pássaros

Maria Araújo, 28.02.20

 

2020-01-26 (3).png

" Desafio de escrita dos pássaros"

Tema # 2.5

cantinho da casa

 

Acordas e tudo o que mais desejavas realizou-se: conta-nos o teu dia


Ela acordou com um desejo de lá ir.
Tinha estado lá três dias, com o calor do mês de Junho, queria repetir, com outras pessoas, ver mais, viver mais, divertir-se. Mas não fora possível.
Acordou nessa manhã com o desejo de lá voltar. Aquela voz dizia -lhe: "vai".
Depois do almoço, já no carro para mais algumas horas de trabalho, os dezasseis quilómetros a percorrer restrigiram-se a pouco mais de trezentos metros.
Quando o sinal verde abriu, avançou. Não foi em frente como todos os dias da semana, mas virou à esquerda, regressou a casa.
Pés ao caminho, foi à rodoviária e comprou um bilhete para Lisboa.
O que poderia, naquele tempo, demorar cinco horas de viagem, foi uma eternidade, o trânsito era demais, arrependera-se de, num impulso, tomar aquela decisão.
Quando lá chegou, seriam dez horas da noite.
Ficou fascinada com o que viu.
Uma multidão de pessoas pensou o que ela também pensara e pusera em prática: "Afinal, não posso estar arrependida. Esta multidão teria feito o mesmo que eu".
O contacto móvel era impossível, linhas bloqueadas. Ou se conseguia a ligação mas ninguém se ouvia.
A entrada foi demorada, o fogo de artifício já estava a decorrer quando conseguiu pisar o espaço.
As pessoas estavam muito felizes, parecia que tudo no universo era bonito, sereno, pacífico.
Sentiu-se bem no meio daquela multidão que sorria, que falava com quem não conhecia.
Finalmente, conseguiu a ligação móvel.
E no meio dessa multidão, encontrou quem queria e a esperava.
Não viu o fogo de artifício, mas realizou o que tanto gostaria de fazer quando acordou naquele dia: passar a noite com a sua afilhada aniversariante.
De manhã cedo do dia seguinte, sem dormir, vieram todas de comboio para casa.
Passaram vinte e um anos e cinco meses.
Hoje, ela adora aquele espaço.
Hoje, ainda o recorda com muito carinho.
30 de Setembro de 1998.
Último dia da Exposição Internacional de Lisboa.

 

56a5c89a49b9b49a0ac32bad46e34bb9-1-754x394.jpg

 

 

 

 

 

10 comentários

Comentar post