Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Qua | 24.03.21

Desafio dos lápis de cor - verde claro # 10

gelado.jpg

imagem pinterest

 

desafio "vamos pintar com palavras?"

 gelado de menta

 

O dia tinha sido cansativo. Depois de um banho reconfortante, Sofia desceu à sala de estar do hotel, Filipe já a esperava.
Filipe convidou-a para jantar no Café Florian, o mais antigo de Veneza, dariam um passeio pela Praça de São Marcos, queria ver a noite na praça .
Falaram do dia, do que viram, da expectativa de ele voltar por mais dias.
"Visita feita a Veneza, a próxima será Toscana", comentou Sofia.
" A bela Toscana, que conheço bem, é para saborear a gastronomia, os vinhos e queijos, os piqueniques nos campos de Siena e Chianti, o Vale de Orcia, as lindas cidades de Luca, Livorno , Florença", comentou ele, sorrindo.
De mãos dadas, cada um vivendo o seu silêncio, deram um passeio pela Praça de São Marcos. 
Filipe disse-lhe que no dia seguinte saíria cedo, viajava para Pádua, ia para a festa de aniversário do amigo Luca, que não voltaria a Veneza, que seguiria para Milão. Agradeceu-lhe o dia que passaram juntos, que nunca mais ia esquecê-lo.
Viu os olhos dela marejados de lágrimas. E abraçou-a.
Confessou que há muitos anos que não ia a Portugal, que agora tinha um motivo para voltar, que iria nas férias de Natal, que queria estar com ela, que a procuraria.
Abraçou-a de novo numa despedida que nenhum deles queria, trocaram um longo beijo.
Sofia levantou-se muito cedo, não conseguia esquecer o dia anterior, e o beijo.
A sala de jantar estava vazia, ocupou um lugar numa das mesas do canto, tomou esta refeição da manhã com alguma pressa. Não queria cruzar-se com Filipe.
Dicidiu adiar o bilhete da visita ao palácio e museus da Praça de São Marcos, ficaria para o dia seguinte, não estava com disposição para ficar fechada, queria ar livre, faria a visita às ilhas Murano, Burano e Torcello.
Comprou um passeio de barco para as três ilhas. Foi-lhe dado um pequeno mapa, o dia seria passado por aqui, precisava de manter a mente ocupada.
Embora a visita fosse livre, no barco, um guia contava a história das ilhas. E ela ficava à vontade para ver o vidro na fábrica em Morano, a gastronomia de Torcello, a ilha típica de pescadores, o belo contraste das casas coloridas, os bordados de Burano, e fazer compras sem preocupação das horas.
E no regresso ao hotel, durante o percurso de barco, o pensamento revivia o passado: a sua paixão por Filipe; o casamento que julgara ser para sempre; o filho que a compensara com muito carinho e presença, o divórcio dela. E agora, onde menos esperava, reencontrara Filipe. E pela primeira vez sentiu que lhe faltava uma companhia.
Caminhava pelas ruelas de Veneza, apetecia-lhe um beijo, um abraço, muitas carícias.
De repente, o colorido das taças de gelados na montra da gelataria sorriem-lhe. E ela sorriu-lhes. E entrou.
Sentou-se numa das mesas da pequena esplanada e sentiu o doce prazer de um gelado de menta e chocolate.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio no blogue da Fátima

Acompanha-nos nos blogues de cada uma, ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Ou então, junta-te a nós ;)

Neste desafio participam,  A 3ª Face, a Marquesa de Marvila,a Ana D , a  Ana de Deus  a Ana Mestre,  a bii yue, Célia, a Charneca Em Flor, a Concha, a Cristina Aveiro, a  Fátima Bento ,a Gorduchita, a Imsilva, o  João Afonso Machado, o José da Xã, a Luísa De Sousa, a Maria, a Miss Lollipop, a Peixe Frito  .

 

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2