Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Qui | 11.03.21

custa muito ler isto

mas  devemos aprender com o sofrimento dos outros.

"O meu filho é feliz e diz entusiasmado que quer ser pai. Eu quero ser mãe."

 

conhecia  alguma coisa sobre a fibrose quística, mas desde que na sexta-feira passada, no "Como é que o Bicho Mexe",  se falou na jovem que escreveu no seu instagram" não quero morrer,quero viver", veio despertar  na sociedade o que muitos desconheciam

e nessa noite, o NIB foi divulgado.  nem era disto que se tratava mas de alertar a sociedade para a urgência de o Infarmed pedir o medicamento, que  não existe em Portugal, que embora não cure, prolonga a vida do doente, assim como a sua qualidade de vida.

e desde essa noite, e nos dias que se seguiram,  as televisões falaram do assunto.

segui-se uma petição online, que movimentou as pessoas...e o estado reagiu.

e é para isto que servem as redes sociais; para servir o bem comum, para alertar, para apoiar, para doar

fazer o bem  nunca fez mal a ninguém

este caso trouxe "à ribalta" outros  doentes, e pais de crianças e jovens adolescentes que se manifestaram, e manifestam, sobre a doença, o que vivem, como vivem.

dói ler. choramos, sentimos a dor das famílias e a dor de quem tem esta doença genética.

hoje, li este artigo.

 

 

4 comentários

Comentar post