Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cantinho da casa

cantinho da casa

Qui | 10.12.15

como estamos de hospital público?

livro-de-reclamao-apresentao-1-728.jpg

Até maio passado, estive um ano e meio à espera de uma consulta de especialidade cirurgia vascular

Farta de esperar, fui à minha médica de família contar o que se passava.

Decidiu começar da estaca zero, abriu um novo processo. Fiz o segundo ecodoppler. Quando voltei  à consulta, fez o encaminhamento do processo para o hospital, por via eletronica (fiquei a saber que agora é tudo pela web),

Sete meses depois da consulta, sem sinal do hospital, e com consulta para a médica, precisava de medicação da tiróide, de novo falei no assunto e perguntei se era possível reencaminhar o processo para o hospital de Vila Verde, mais rápido nas consultas e nas cirurgias. O que chamasse primeiro, eu informava-a e cancelava-se a consulta do outro.

Procede aos trâmites necessários, de repente, não sei o que lhe deu para entrar novamente no sistema, pareceu-lhe ver uma marcação. E lá estava ela. Consulta de cirurgia vascular no dia 11 de dezembro.

Achou estranho não ter recebido carta e/ou um telefonema a avisarem-me da consulta.

Vésperas da consulta, não recebi a carta nem o telefonema.

Amanhã vou aparecer, vou reclamar, e se me lembrar peço o livro de reclamações (reclamo quando acho que tenho razão, mas esqueço-me deste instrumento fundamental de desfesa dos nossos direitos),

 

 

 

.

3 comentários

Comentar post