Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




coisas do meu dia # angústia 2

por Maria Araújo, em 28.05.18

ILogo de manhã, as obras no apartamento do lado voltaram, a broca ou perfuradora,sei lá, fez-me sair da cama, não por que não aguentasse, mas por que seria certo que os berros do vizinho do 1° andar regressariam, não estava com paciência para o ouvir, estava muito nervosa, tinha cólicas, precisava de sair de casa.

E na hora que  saí, os berros eram demais, gritos, insultos...mas os homens não o ouviam.

Fui levar a mãe gata das minhas sobrinhas à veterinária, tinha uma ferida no pescoço, precisavamos saber se seria algo que necessitasse de tratamento.

Felizmente, parece não ser nada demais, fui deixá-la em casa.

Hora do almoço, hora de os homens voltarem ao trabalho.  Voltei a casa. Um aperto no coração, a preocupação, os nervos,  fizeram-me sair  e almoçar numa qualquer esplanada, desanuviar esta dor.

Peguei num livro para ocupar um pouco da tarde sentada num banco de jardim até à hora de os trabalhadores pararem a jornada, eu voltar a casa e descansar a cabeça e o coração desta tormenta que é a esquizofrenia do gajo do 1°.

 

 

 

Cantinho da Casa


2 comentários

Imagem de perfil

De José da Xã a 28.05.2018 às 18:37

Quando isso acontecer chama a polícia.
Pode ser que acalme.
Conto-me um caso que aconteceu perto de onde vivo e me foi contado pelo próprio.
Num determinado bairro pobre e mal organizado havia uma oficina de carros com muita fama.
Na casa ao lado de dois pisos morava no 1º piso um jovem deficiente. Especialmente para fazer mal. Sempre que alguém deixava o carro debaixo da sua varanda para ir à oficina dez metros à frente, era certo que ele lá de cima atirava sempre qualquer coisa para estragar a viatura.
Depois como era deficiente... ai coitadinho.
Mas o meu conhecido antes de lá por o carro foi avisado para não o fazer. Não se preocupou e foi à oficina. A verdade é que quando chegou tinha o vidro do tecto de abrir partido. Sem mais subiu ao andar e bateu à porta. Veio alguém da família e ele entrou por ali dentro e foi buscar o deficiente. Pegou nele e trouxe-o para baixo e perante o estrago deu-lhe uma tareia à frente da família que não se meteu. Apenas gritavam.
Depois foi-se embora.
A partir desse dia o deficiente jamais fez mal a ninguém. E sempre que pensava fazê-lo alguém o ameaçava: Olha que eu vou chamar o homem...
É uma história triste que nunca contei mas que de alguma forma explica que há casos em que o problema é... educação ou a falta dela.
Desculpa o comentário longo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 28.05.2018 às 23:19

Quando foi comigo,chamava a polícia mais para manter o respeito,mas não funcionava porque enquanto houvesse martelar que lhe desse cabo da cabeça, insistia nos insultos.
A tua história, cuidado!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR