Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




coisas do meu dia # angústia

por Maria Araújo, em 23.05.18

Em 2009, escrevi este post sobre o doido do meu vizinho do 1º andar , filho único, doente da tola, mas nunca o admitiu, vive sozinho, que depois de pôr a mãe ( que faleceu)  louca e doente foi para um lar, recebe um subsídio da Segurança Social, foge dos vizinhos, não cumprimentar ninguém; se vê alguém entrar ou sair do prédio, não entra, ou dá a volta ao quarteirão para não se cruzar com ninguém. E quando não pode evitar, aguarda nas escadas que o inquilino saia ou entre em casa.

Em tempos, fiz obras em casa, foi um pandemónio de gritos, de insultos, conforme já escrevi no post de 2009.

Desde então não tivemos mais obras, os ruídos são quase inexistentes, a não ser de alguma reparação que não inclua broca.

Ora o apartamento do lado foi vendido, todo o seu interior nunca sofrera obras de nada, quem comprou está a tirar azulejos, as marteladas ouvem-se, mas nada que incomodem, a não ser de manhã cedo que acordam as pessoas, mas há que ter paciência, um dia elas acabarão.

Hoje de manhã  fui para o ginásio, presumo que a broca teria funcionado durante esta parte do dia, porque quando cheguei a casa, por volta das 12h30, ouvi-a a trabalhar, o ruído era ensurdecedor, até que escuto os berros do sacana " pouco barulho, c@r***,  pouco, f**@-se, c@r***", os berros ouviam-se na rua.

O meu coração voltou atrás no tempo, batia fortemente, as minhas mãos tremiam, pensava " vai começar o espectáculo".

E a broca continuava o seu trabalho, o gajo, covarde, berra dentro de casa, não faz nada, pensa que os trabalhadores vão parar por sua causa, com certeza que nem o ouvia.

E o que me levou a pensar que ela, a broca,  teria começado a sua tarefa de manhã cedo, foi por que isto passou-se durante  15 minutos, a broca parou e deu lugar às marteladas

E o gajo sossegou.

Fico apavorada com este louco. Comento para o meu decote " Sacana, podia vender a casa, alugar uma casa no campo, subir o monte e lançar as suas paranóias, frustações e locuras bem longe daqui."

 Que angústia!

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Imagem de perfil

De José da Xã a 26.05.2018 às 12:53

Maria,

sabes que podes fazer queixa na Polícia?
Não deixes que ele tome conta da tua vida.
Também tens o direito de estares sossegada.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 26.05.2018 às 13:33

Eu sei, mas não adianta.
Já sossegou, não há ruídos fortes.
E no andar debaixo do apartamento em obras, tem um casal de 90 anos, ela acamada e com Alzheimer, ele bem, mas custa a andar.
Imagina o barulho por cima deles.
Deste casal tenho eu consideração.i palerma do meu vizinho, não.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Anita a 25.05.2018 às 15:47

Não é fácil viver assim. Entendo a situação.
Desejar mesmo que ele se mude...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.05.2018 às 18:02

Ele não muda porque vive no centro da cidade, anda sempre fora e dentro nos passeios que dá.
Quem me dera que fosse para bem longe.
Imagem de perfil

De Papagaio Giló a 25.05.2018 às 11:18

E que tal "TU" arrendares uma casa no campo. Aconselho-te a experimentares... não vais querer outra coisa! Arrenda o teu apartamento e manda o gajo às couves... LOL
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.05.2018 às 18:03

Sou mulher de cidade, não sei se conseguiria viver no campo.
Bom fim-de-semana.
Sem imagem de perfil

De P. P. a 23.05.2018 às 23:53

De início, pensei tratar-se de uma fobia social ou algo do género. Até à broca...
Não será autista?
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.05.2018 às 23:22

Autista, não.
Tem.QI alto, pifou em jovem.
Nunca fez nada na vida, filho único, o.pai dele era muito nervoso, não aguentava ruidos, também, gente estranha.
A mãe era muito educada, sofria muito com as neuras do marido e do.filho.
Ele não se mete com ninguém. .É louco.
Bio
Sem imagem de perfil

De A Desconhecida a 23.05.2018 às 23:26

Bem, que situação...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.05.2018 às 23:25

Se a Desconhecida o visse, nem.tinha dúvidas.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 23.05.2018 às 23:20

ao menos que não se meta ctg!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.05.2018 às 23:34

Quando tinha obras, insultava-me, vinha a mãe pedir-me que não fizesse .barulho.
Chamei a polícia, varias vezes, mas as obras tinham de ser feitas, falavam com ele, tentavam minorar a coisa,
mas enquanto havia ruido, deu-me que fazer, muitas palpitações..
Imagem de perfil

De HD a 23.05.2018 às 23:08

É mesmo difícil lidar assim com este tipo de vizinhos... :-(
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.05.2018 às 23:35

Não chateia ninguém se não houver obras barulhentas.
Sem imagem de perfil

De Rui a 23.05.2018 às 21:30

:(( ... É uma grande "chatice" quando se tem vizinhos assim !!! :((
O problema é que não adianta discutir porque só se fica a perder com isso ! ... e pior é que não se pode fazer nada ! :(

Beijinhos pacientes, amiga ! :)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.05.2018 às 23:09

Aqui ninguém discute com ninguém, muito menos com ele.
Ele não se mete com as pessoas, afasta-se delas.
Imagem de perfil

De Sofia a 23.05.2018 às 19:44

Ele não é doido é mesmo esquizofrenico a comportar-se dessa maneira!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.05.2018 às 20:03

É esquizofrénico, sim, mas ele nunca o admitiu.
A mãe falava muita comigo, desabafava as paranoias dele e os problemas que passava.
Ela ficou em Paz e era uma senhora muito educada.
Imagem de perfil

De Sofia a 23.05.2018 às 20:21

Maria, pessoas com esta doença são perigosas, nunca se sabe o que podem fazer quando estão naquele estado psicótico.
Agora vocês vizinhos que o aturem.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.05.2018 às 23:17

Houve alturas, há alguns anos, que receava passar por ele, e os meus sobrinhos, quando almoçavam cá, tinham algum medo dele, mas ao mesmo tempo gozavam, cá em casa, com os comportamentos dele.
Numa das alturas que eu tive a casa em obras, mandei polir o chão para depois passar novo verniz, a máquina de polimento fazia muito ruído, e num dos dias, estava eu a trabalhar, telefona-me o homem da obra a dizer que o gajo fartava-se de berrar e de o insultar e se ele subisse as escadas e desse pontapés na porta, o que fez muitas vezes, que pegava num martelo atirava-o à cabeça e não se responsabilizava pelo que acontecesse.
Se o visse, Sofia, dizia mesmo que ele é doido e esquizofrénico.
Eu insulto-o, de mim para mim, de imbecil.
Imagem de perfil

De Happy a 23.05.2018 às 17:37

Vizinhos assim é uma cruz. Nem sei que te diga. Normalmente não há grande coisa a fazer, senão chamar a PSP...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.05.2018 às 20:08

Ele não se mete com ninguém, mas quem o vê na rua percebe que ele deve ter problemas psicológicos, e não havendo obras ruidosas tudo corra normal.
Eu é que fico angustiada
Foram imensas as vezes que chamei a polícia e fui eu que, há anos, contactou a Segurança Social, que a levou para um lar.
Ele pensa que foi uma vizinha, que morou aqui bastantes anos e que trabalhou na Segurança Social, que tratou de tirar a mãe de casa, mas eu fiz tudo sozinha, ninguém me apoiou.

Comentar post



foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR