Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

30.05.17

a revisão

Maria Araújo

Quando deixei o carro na oficina, expliquei à recepcionista, que faz o registo da entrada do carro, que fizessem a revisão dos travões , que na última revisão pedira para verificar, mas a chiadeira continuava.

Entretanto, o responsável da oficina veio ter comigo, expliquei-lhe o que se passava: que  esta chiadeira acontecia em marcha lenta, quando travo, sobretudo em dias quentes.

Confio muito no trabalho deste profissionais da oficina.

Fui buscar o carro no final da tarde.

Fiz o pagamento.

O responsável da oficina mostrou-me o pequeno arranjo no pára -choques para disfarçar a rachadura que tinha, ficou bem, combinamos um dia que eu queira, deixar lá o carro e fazer a reparação devida.

A distância entre a oficina e a minha casa será de 2,5km. Durante o percurso, tudo correu bem.

Já a entrar no acesso à minha garagem, travo o carro e a chiadeira deu sinal.

Verifiquei a factura: mudaram os filtros do óleo, do ar, substituíram o liquído do limpa vidros e mais umas pequenas coisas, mão de obra mecânica € 45,12, total de factura com IVA € 101,00.

Conheço mal a mecânica de automóveis, mas presumo que os travões precisariam de discos, ou pastilhas, sei lá,  ou alguma reparação dos mesmos.

Amanhã vou andar com o carro. Mal o ruído se manifeste, vou directamente à oficina. Deixo-o lá, alguém que vá dar um volta e teste os travões.

Fiquei zangada, muito zangada.

 

 1073e3ea (1).jpg

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo

    31.05.17

    Não tenho nada a dizer desta oficina.
    Cumprem as leis, não fogem ao IVA, tudo organizado, avisam o cliente quando alguma peça é precisa para o carro, dão o orçamento, têm serviço Bosch.
    Há anos, aconselharam-me um mecânico, que trabalhara na volkswagen, e estabeleceu-se por conta própria. De cada vez que lá ia, pagava um dinheirão, as reparações do que fazia vinham escritas à mão em bocados de papel, sujos, sem IVA.
    Não punha plásticos de protecção nos bancos, nem no volante, deixava o carro todo porco ( é a palavra mais correcta que tenho).
    Deixei de lá ir por causa disto.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.