Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Liga Portuguesa Contra o Cancro

Maria Araújo, 21.09.15

 

 

DSC09249.JPG

 

Um ano depois da primeira consulta na Liga Portuguesa Contra o Cancro, a minha amiga tinha hoje exames a fazer no Porto. Trabalha fora de Braga, seguia de tarde para a consulta.

No fim de semana manifestei interesse em ir com ela, como fiz no ano passado. Não queria, não era preciso, e tal.

Mas fui sem lhe dizer nada.

Apanhei o comboio da 12:35h, saí em Campanhã, fui comer alguma coisa, apanhei o Metro até ao Hospital São João e segui a pé até à Liga. E cheguei primeiro.

Vi-a estacionar e quando se aproximava da entrada, surjo à sua frente de braços abertos: "aqui estou eu! não podia deixar de vir!"

Enquanto esperavamos pela vez, fomos ver a mesa que se encontra no meio da sala de espera onde tem artigos expostos para venda.

Infelizmente, ambas tivemos familiares com cancro, sabemos que estes exames ficam caríssimos ao estado, não pagamos um cêntimo, toda a ajuda para a Liga é bem-vinda.

Porta-moedas e sacos das compras eram os artigos que podíamos escolher. O dinheiro era deixado numa caixa junto aos artigos.

Escolhemos os sacos das compras, o dela roxo o meu vermelho que, depois de dobrados, ficavam em forma de morango.

Ela foi para a consulta, eu fiquei na sala de espera a ler o livro que levei para a viagem de comboio, da autoria desta menina.

Felizmente as notícias foram as mesmas do ano passado: está tudo bem.

Imaginemos que as notícias não eram boas, quem estaria por perto para lhe dar apoio?

À saída, encostada a uma coluna, tem uma grande caixa em acrílico onde podemos deixar uma contribuição para a instituição. 10 euros foi o que cada uma de nós deixou. Se tivesse mais, mais deixaria.

Já no carro, diz-me ela: "imagina como será quando a pessoa recebe a notícia que tem de ser operada."

Correu bem, é o que importa.

E regressamos a Braga.

Dentro de um ano, volta.  

A partir do momento que se entra na Liga Portuguesa Contra o Cancro, nunca mais nos largam...Ainda bem!

verão quente

Maria Araújo, 13.07.15

Sem Título.png

o tempo é de praia, não faço a mínima ideia se tem estado vento ou não, já não ponho os meus pés de cinderela na areia há um mês, o calor por cá é qb, a vontade de sair de casa é pouca.

todos os dia estou com a minha sobrinha e os filhotes, excecionalmente hoje, que vim para casa cedo, estive a ver o final do jogo de futebol de praia Portugal-Argentina, deixei a TV ligada, mas os programas da tarde não me dizem nada e adormeci no sofá. que bom sono!

depois, ganhei vontade de pegar no ferro, estive quase 3 horas a passar a roupa, que já está no seu lugar.

em todos os canais de notícias e à hora de jantar o tema dominante: Grécia. 

outros temas já entraram na nossa rotina: corrupção, fraude fiscal, branqueamento de capitais, burla qualificadda, evasão fiscal...todos os dias sai uma notícia fresca.

e andamos nós "os pobres" a ouvir isto.

 

Notícias que orgulham

Maria Araújo, 08.07.15

 

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia , que tem chamado muito investigadores e nota-se sobretudo pelo número de Espanhois que andam por cá.

O crescente número de empresas, as parcerias com a UM, o espaço que seria o Dolce Vita, uma construção a mais cá na cidade, que, finalmente, vai ser aproveitada, com a vinda do Ikea (ai que bom) e outras .

Precisamos, agora, de dar mais vida ao centro, melhorar o exterior das constuções em algumas ruas da cidade, contribuir para que o comércio tradicional melhore, acabando com pagamento de estacionamento nas ruas centrais da cidade,  já que parques de estacionamento não faltam por cá.

Um vídeo aqui.