Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

sou muito gulosa, sim

Maria Araújo, 03.06.14

esta época é demasiado deliciosa no que respeita a frutas.

já vos disse  que adoro comer fruta a qualquer hora? e que nunca tenho tempo para a utilizar na confecção de doces, compotas, bebidas, batidos, porque adoro comê-la ao natural?

pois é, a primavera é excelente para me oferecer o que mais gosto e "made in Portugal", sim, porque leio os rótulos dos caixotes:  morangos, framboesas, cerejas, nêsperas, nectarinas,  laranjas, são frutos que devoro nesta época.

ao pequeno almoço, as framboesas entram no iogurte, sumo  de laranja e pão saloio.

duas horas antes do almoço, entra uma banana e/ou uma maçã e, sempre que vou ao frigorífico, vêm um ou dois morangos, e cerejas à boca

depois  do almoço, é o que me apetece...quase sempre morangos, uma nectarina e duas nêsperas.

e enquanto escrevo este post, os morangos acompanham-me.

sou muito gulosa, sim, mas pelo produtos que têm o seu açúcar.

entre comer um bolo com fruta,  desses das pastelarias e afins, ou uma fruta lavadinha e pronta a consolar as minhas papilas gustativas, prefiro, sem dúvida alguma, esta.

ai natureza que nos delicias com tanta coisa boa nesta linda primavera.

adoro-te, miúda!

 

           

 

         ,

 

Um sabor a Natal

Maria Araújo, 22.11.13

 

 

O Natal a chegar

A mesa vamos decorar.

Rabanadas, formigos, aletria

Bolinhos de jerimú,

Neste cantinho não podem faltar.

 

Os adultos, crianças  já foram,

Querem saúde e paz.

Os mais novos querem prendas,

Dão alegria ao lar.

 

Bonecos de neve, pinhas e bolas

Decoram as nossas casas,

O pinheiro de Natal vamos iluminar

Com luzes de encantar.

 

São José, Nossa Senhora e o Menino

Presentes em cada lar.

A magia do Natal está no ar

E nos recortes do Sapo

As luzes já estão a brilhar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com uma tarde de sol e quentinha

Maria Araújo, 13.04.13

 

não dava para ficar em casa a trabalhar, como previa.

Mas lembrei-me de ir à Agro para comprar frutas de quaisquer outros produtos " made in Portugal".

Entrada, 3 euros.

Muitas pessoas, muita alegria, muitas compras, comia-se, bebia-se, ui, que perdição!

O cheirinho dos enchidos, as provas de carne barrosã, cozinhada ali, à vista de todos, os vinhos de todas as regiões do nosso país, o irresistível pão com presunto, as cavacas, os doces, enfim, um sem número que produtos da nossa terra demasiado apetecíveis para o meu colesterol.

Uma tentação, que consegui dominar.

Na expectativa de comprar batatas, cenouras, legumes, fruta, muita fruta, nada. Não vi. Fiquei pelas plantas.

Regressei a casa mas estou com muita vontade de lá voltar amanhã de manhã e comprar umas alheiras e o pão com presunto.

Fiquei com a água na boca.

Esquecera-me da máquina fotográfica, ficam as fotos do telemóvel.

 

 

 

 

Apresentação do gado barrosã ao júri.

 

 

 

 

tosquia

 

 

 

hora do lanche

 

 

 

moinho de vento

 

 

ai petiscos!

 

 

as plantas

 

 

os enchidos

 

 

 

 apresentação e confeção de um prato de carne barrosã (nispo)

 

 

ai, os enchidos!

 

 

 

 

 

 

 

 

taças de cavacas, para todos os gostos

 

 

 

cavacas, muitas cavacas

 

 

 

Páscoa doce

Maria Araújo, 29.03.13

Gosto dos cestos gourmet, carregados de chocolates e amêndoas, gosto dos ovos de chocolate. Ui, adoro chocolate!

 

Nas doçarias modernas, a oferta é variada, as novas decorações são apelativas, mimosas, cheias de cor, que eu adoro, mas não me convidam, contudo, a prová-los.

 

 

 

 

Gosto dos nossos doces tradicionais da Páscoa. Pão de ló Margaride com queijo,  pão de ló de Bolinhol de Vizela, pão de ló húmido, doces de romaria : de côco com recheio de marmelada, de gema de ovos cobertos com açúcar, doce de amêndoa.

Gosto de todos os bolos caseiros e comê-los com uma salada de fruta.

Gosto dos doces da Páscoa, mais do que os de Natal (demasiados fritos). Hummmmmm!