Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



No horizonte

por Maria Araújo, em 26.11.14

Como sempre, manhã cedo, a minha gata vai para a porta do quarto soltar os seus miaus de mimo porque quer comer. Mando-a calar e tento dormir mais um pouco.

Insistiu. 

Levantei-me, chego à cozinha e vi que através dos vidros foscos das grandes janelas da marquise, uma luz vermelha, linda, chegavam aos meus olhos ensonados.

Pus a ração de comida no prato da gata, fui à sala de jantar, peguei na máquina fotográfica, puxei o estore e tirei a foto.

Estava um vermelho lindíssimo, que não consegui captar com a minha máquina mas, mesmo assim, cá está:

s.png

 

 

 

Cantinho da Casa

My wishlist

por Maria Araújo, em 13.12.13

Quando no post anterior escrevi que "All I want for  Christmas is you", não me referia à marca, não.

Não dou grande importância a estas, mas sim à funcionalidade e rapidez.

Acontece que o meu pc é do tempo em que o Sócrates governava Portugal, aliciou-nos com o e-escola, e eu aderi, em janeiro de 2008.

Não valeu o esforço que fiz pagar a mensalidade light uma vez que pagava a internet conforme o que gastava e paguei-a bem paga.

Passados 3 anos, o meu laptop já não dava rendimento mas como precisava dele para trabalhar, prometi a mim mesma que só compraria um novo quando este "pifasse".

Estamos a chegar ao final do ano de 2013, ela ainda cá anda, mas tira-me do sério!

Teclas com autocolantes porque as letras estão gastas, escrevo alguma coisa, bloqueia, se abro várias janelas bloqueia, se quero pôsr uma foto no blog apaga o texto, se estou num blog, no word, e quero procurar uma imagem ou um link para adicionar, além de fazer um ruído chato, anda a tecer durante muito tempo e o meu desespero aumenta. Por vezes, se acedo ao Youtube para adicionar uma música e/ou vídeo chega a emitir um som ensurdecedor que me obriga a desligá-lo.

Portanto, o que eu quero dizer é que este computador poderá servir para o meu sobrinho Diogo ver os filmes à hora do almoço, enquanto eu, a tia L, estou na cozinha.

Como sou uma mulher  "retired",  não preciso de um computador xpto, mas de um aparelho que não me stresse, que me deixe andar aqui a pesquisar, ler os meus blogs de estimação, tirar ideias para as minhas bricolages e artes do crohet, enfim, preciso de um pc novo.

Sinceramente, não entendo nada daqueles gadgets tipo ipad, ipod, androids, tablets, sei lá! Estes são  para os homens e mulheres de negócios e para os jovens.

Não sei quanto tempo mais vou aguentar este meu velhinho laptop, mas se houver umas promoções fixes, era bem capaz de comprar um,  a pronto pagamento, porque isto de prestações já chega a do banco, e cansa, também.

Pode ser um vermelhinho, (nunca vi nenhum por cá), a minha cor de eleição.

"I love red".

 

P.S.: Aceito opiniões de marcas e pcs funcionais às minhas delicadas mãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

A madame do batom vermelho

por Maria Araújo, em 10.12.13

A minha garagem fica no cantinho das três que existem nas traseiras do prédio, pelo que, quando não tenha pachorra para a abrir, o carro, que não incomoda ninguém (penso eu), fica estacionado em frente. Deixo espaço  suficiente para os vizinhos do r/c entrarem em casa pela portas das traseira (como é hábito do casal e do pai dela).

Ora há cerca de três meses, reparei que na entrada da minha garagem, jaziam, com prazer de poluir o ambiente, umas quantas pontas de cigarro.

Fiquei indignada. Nunca vira tal coisa. Por vezes, o vento traz algum lixo, mas pontas de cigarro, não.

Peguei na vassoura, juntei-as e deixei-as num canto. Não coloquei no caixote do lixo que tenho na garagem porque queria ter a certeza de que o vento não as espalharia.

Elas ficaram por lá, com a agravante de, dia a dia, aumentarem as pontas fresquinhas a provocarem a minha ira.

Num dos dias que estacionei o carro na garagem, vi o vizinho da cave (senhor de 85 anos), não fumador, que também entra em casa pelas traseiras e comentei o caso.

Diz ele: "é o vento que traz".

"O vento? E como é que elas ficam todas aqui junto à minha garagem?"

Ao que prontamente acrescenta: "são os vizinhos daqui de cima!"

"Como? Mas eu nunca os vi fumar!", respondi com admiração.

"Fumam, fumam. Só podem ser eles!" retrocou.

Sempre que abro a garagem e as vejo por ali, dou-lhes pontapés com o propósito de chamar a atenção, caso a madame do batom vermelho esteja por casa, observe os meus gestos e perceba que não gosto nada do que vejo.

Ora hoje, com o carro em frente à entrada (não tinha a chave comigo, não o guardei), fui buscar a caixa onde guardo a Sagrada Família para fazer o meu mini presépio.

Os meus olhos detectaram lá, na entrada, uma ponta de cigarro com marca de batom vermelho.

Fiquei possessa. Dei um pontapé na dita cuja e resmunguei um " que nojo !" (odeio ver as marcas de baton nos copos, nas chávenas, nas pontas de cigarros, nos guardanapos. Odeio!).

Como com esta família, excepto o pai, um senhor humilde que muitas vezes me fez queixa da mazinha e egoísta que a filha é,  a minha confiança não passa de bom dia, boa tarde e boa noite, tomei uma decisão para testar a madame do batom vermelho.

Logo que tiver oportunidade, vou pegar na vassoura, junto todas as pontas no canto que dá acesso às escadas da casa da madame do batom vermelho e vou afixar um letreiro na minha garagem com " parece-me que neste prédio não há cinzeiros dentro de casa".

 

 

Cantinho da Casa

Dolce

por Maria Araújo, em 22.09.13

 vermelho, quente,  que eu adoro, em qualquer estação.

 

 

 

 

 

 

(vermelho Dolce & Gabanna, imagens da web)

Cantinho da Casa

Árvores do outono

por Maria Araújo, em 05.11.12

 

 

 

 

As fotos captadas pelo telemóvel,  não estão perfeitas, mas as ávores têm um tom de vermelho de outono, lindíssima.

Cantinho da Casa


foto do autor



1º desafio de escrita 2019 2º desafio de escrita 2020


o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR