Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nosso

por Maria Araújo, em 05.02.12

 

Procuro, sempre que posso, comprar os nossos produtos, especialmente aqueles que se referem à fruta e vegetais.

Costumo ir a um mercadinho onde vende, penso eu, produtos da nossa terra, aliás, a maioria daqui do norte (Apúlia, Póvoa e Trás-os Montes).

E hoje, fui fazer as minhas compras do costume.

Precisava de feijão vermelho. Detesto comprar feijão em lata, pois não tem o paladar nem a cor do nosso feijão.

Ponho a cozer uma boa porção, que depois é dividido em doses e congeladas, para ter sempre à mão.

Faço-o com todo o tipo de feijão : frade, branco, preto.

No mercadinho, o feijão está acondicionado em sacos de plástico e, segundo me parece, todo com o mesmo peso.

Peguei num deles e fui à funcionária perguntar quanto era o peso.

Pesou e disse que era cerca de  1,250 kg.

No placard estava marcado " feijão nacional" 2,85 euros.

Quando paguei achei estranho a exorbitância do valor total, mas não comentei.

Quando a funcionária me entregou o talão, reparei que pagara 5,20 pelo feijão.

Afinal o preço era de 2,85 o kg. Reclamei e a menina disse de imediato: "Eu devolvo-lhe o dinheiro. Eu disse que  custava 2,85 o quilo."
"Não", respondi." Eu perguntei quanto pesava cada saco e além disso, no placard não indica que é por quilograma."

E ela volta a dizer: "Dê-me o saco e eu devolvo-lhe o dinheiro".

Mas eu não devolvi.

2,85 cêntimos por quilo? Caro, muito caro.

Que saudades tenho  de ver mas mercearias, e ainda há algumas por cá, os convidativos sacos de feijão e comprar a quantidade que quería. Por vezes, acabava por comprar de todas as variedades, para ter em casa...

 Por este caminhar, comprar produtos portugueses, e alguns são importados mas passam por nossos, não conseguiremos recuperar, jamais, a nossa economia.

(Todos sabemos que muitos dos produtos brancos, das grandes superfícies, são importados. Só a embalagem é portuguesa. Todos sabemos que nestes espaços misturam os nossos produtos agrícolas com os produtos importados).

O que é nosso é bom... mas paga-se caro demais.

 

 

Início

Ai, ai, a beleza!

por Maria Araújo, em 08.12.11

 

Hoje de manhã fui à Sé de Braga e dar uma volta pelo centro.

A maioria das lojas estavam abertas.
Não saí para fazer compras, mas para arejar um pouco (a vontade foi dar uma volta pela praia, mas sendo já um pouco tarde, com tenho testes para corrigir, nem sequer peguei neles), fui ao supermercado para comprar uma nova marca de ração para gatos estererilizados, mais cara. Se comprasse a que a veterinária me aconselhou, Royal Canin, e havendo a versão mais barata, fui procurar ao PD e encontrei uma nova no mercado que penso ser do agrado da minha gata.

Mas voltando ao assunto deste meu post, beleza, descia eu a avenida da liberdade, quando me decidi entrar na Séphora, onde ainda há bem pouco tempo comprei uns produtos (já me conhecem, e eu não gosto que se aproximem de mim pois penso logo que me vão "cravar"), e fui diretamente aos produtos Estée Lauder.

Já usei a linha adequada à minha idade/pele , que gostei, mas tendo acabado alguns deles, decidi comprar outra linha mais barata, isto é, há mais de um ano que não usava esta marca.

Mas gosto e sinto-me bem com ela.

Como esta loja tem os preços marcados nas prateleiras, é mais fácil fazer as contas à minha beleza.

A senhora, uma das que me conhece, perguntou-me se procurava algum produto especial ou queria ajuda. Vá lá de ter de ser simpática e perguntei se havia novidades, na marca Estée Lauder.

E só lhe perguntei do contorno de olhos, porque eu preciso de TUDO.

Falou-me neste creme :

 

Não me recordo de o ter usado , nem sequer sei se é recente ou já existia desde a última vez que comprei estes produtos.

Dou uma olhada aos preços e pareceu-me que este custa cerca de 85 euros.

O creme de dia anda pelos 160 euros.

Os últimos produtos que usei foram, este:

 

 

 

e este

 

 

 

 o creme de dia era de outra marca (mais acessível no preço).

O que me chateia é que há uma altura em que acaba tudo, como está a acontecer.

Então, andei aqui pela net  e, vendo a linha que a funcionária da Séphora me aconselhou a usar, estive a fazer as contas. O valor dos 3 produtos andará pelos 800 euros.

Há um pormenor que não sei, mas vou tentar saber: se as embalagens são de 50 ml.

Sendo-o, continua a ser um caso a pensar...

Com a subida do IVA, estes produtos estão demasiado caros.

Sempre tentei usar bons produtos, acessíveis à minha carteira, mas agora é impossível!

A alternativa está nos produtos da Lâncome, que já usei há anos.

E enquanto resolvo e não resolvo, não tenho creme para aplicar, não tenho contorno de olhos, já não tenho champô para o cabelo, não tenho desmaquilhante...

Enfim! Acaba um produto, vão-se os outros.

São os custos da beleza.

 

 

Início


foto do autor


desafio dos pássaros



o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR