Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Parabéns, Guerreiros do Minho!

por Maria Araújo, em 01.10.15

Sem Título.png

 

 

Cantinho da Casa

Eu quero que nesta final da

por Maria Araújo, em 27.05.15

17_liga_europa.png

 

ganhe o Sevilha.

Cantinho da Casa

Ignorar o meu VOTO? Nunca!

por Maria Araújo, em 23.05.14

Enquanto almoçavamos, conversava com o Diogo sobre o Rock In Rio, a Liga dos Campeões, Lisboa e as esplanadas com écrans virados para a rua, os Espanhóis, os euros que vão entrar no país.

Vai ser muito bom para nós.

E lembrei-me que domingo é dia de eleições.

E lembrei-me que o Diogo faz 18 anos em setembro e, para o ano, já faz parte dos cidadõas portugueses com direito e dever de voto.

Desde que atingi a idade adulta, e de votar, nunca deixei de marcar presença na assembleia de voto das eleições autárquicas, das eleições presidenciais, das legislativas e até dos referendos (que me lembre três).

Domingo vêm as eleições europeias e lá estarei para cumprir o meu dever de cidadã da Europa.

Amanhã, as minhas sobrinhas que vivem fora de Braga, vêm cá, vêm votar. Está enraizado este dever.

Nunca estas miúdas faltaram às eleições, também.

Aproveitamos para nos encontrarmos e pôr a conversa em dia.

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

parabéns Benfica

por Maria Araújo, em 01.05.14

 

mereceste.

e agora, a final com o Sevilha.

 

Cantinho da Casa

Europe is just NEXT door

por Maria Araújo, em 31.01.14

Divertido, simpático, assertivo, interativo, aqui,  nesta Europa...e,  onde estamos nós?!

 

 

 

 

ABRIR UMA PORTA

 

A Sociedade Nacional dos Caminhos de Ferro Franceses (SNCF) quis provar que chega a cada vez mais lugares em todo o mundo. Para isso, em parceria com TBWA Paris, criou uma ação que tenta mostra que qualquer uma das principais cidades europeias está ao alcance do “abrir uma porta”.

Em algumas ruas da cidade de Paris foram colocadas misteriosas portas ligadas a praças de diversas capitais da Europa. Abrindo cada uma dessas portas, ficava de frente

de uma tela onde podia ver, em tempo real, o que estava acontecendo naquela cidade específica.

Podia jogar com um mímico em Milão, ter seus retratos desenhados em Bruxelas, dançar com um grupo de hip-hop em Barcelona, compartilhar um romântico passeio de barco

no Lago de Genebra, ou mesmo participar de um grupo de jovens alemães em um passeio de bicicleta em Stuttgart. Estas experiências interativas e divertidas procuravam

mostrar a todos que, no final do dia, a Europa é apenas ali ao lado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Orgulhosa

por Maria Araújo, em 03.03.13

que fico quando escuto boas notícias sobre os nossos atletas.

Ontem, não foi exceção: Sara Moreira estava na final de Gotemburgo.

Acabo de entrar aqui  e leio a excelente notícia de "OURO"

Parabéns Sara.

Mostras que o esforço compensa.

 

Cantinho da Casa

Guimarães e Braga

por Maria Araújo, em 22.01.12

Sou Bracarense , mas acima de tudo sou Minhota e Portuguesa, logo não faço distinção entre as pessoas das cidades a, b ou c.

O pouco que conheço de Portugal, especialmente o interior, mas estando sempre atenta a roteiros e ao que vejo na blogosfera, e não só, Portugal tem tudo o que é possível um país ter. Somos um todo e devemos defender a nossa terra, receber com simpatia todos os que nos visitam e trabalham  para a economia da cidade, da região, do país.

Rivalidades não devem fazer parte da cultura (se há no futebol, que se entendam).

Portugal é rico em cultura, artesanato, folclore, música, escritores, poetas, e, recentemente, génios que, por algum despreso dos nossos governantes, foram dar o que de melhor têm para o estrangeiro.

E ontem fui a Guimarães. Uma cidade aqui tão perto, que não visitava há alguns anos, assim como Barcelos e outras do norte onde passo ao lado, (esta coisa das auto estradas que nos levam diretamente onde queremos, fazem com que os destinos sejam outros)e, como ia dizendo, fui à abertura de Guimarães Capital Europeia  da Cultura.

Muita polícia nas rotundas, na estrada, no acesso ao pavilhão Multiusos.

Cedo chegámos para podermos estacionar dentro do parque,  mas ainda estava interdito ao público, apenas aberto à imprensa. Jovens muito simpáticos disseram-nos: "dentro de 10 minutos". E lá fomos tomar café e fazer os 10 minutos, que foram 20 e regressámos quando a fila estava a começar a formar-se ...

Quando chegamos o jovem (re)conheceu-nos, sorriu  e disse:"podem entrar".

O pavilhão estava repleto de pessoas. Ficamos na bancada onde víamos tudo (finalmente, não teria ninguém mais alto à minha frente que me impedisse de ver o espetáculo).

Esperamos que as individualidades chegassem, e eis que aparecem todos (já se sabe quem, pois a RTP fez a corbertura do evento).

E começou a cerimónia com o Hino Nacional, brilhantemente tocado pela orquestra dirigida pelo conhecido jovem Rui Massena e  toda ela composta por jovens músicos, 30 portugueses e alguns de várias nacionalidades.

A serenidade com que TODOS os presentes cantaram o hino foi emocionante (pelo menos para mim, que sempre que o escuto, as lágrimas vêm aos olhos).

Quase sempre ouvimo-lo aos berros mas aqui, não. Comentei com a minha amiga: "reparaste como o hino foi cantado? Adorei!"

Depois seguiram-se os discursos habituais nestas cerimónias.

"Os afetos"  foi o tema de abertura do espetáculo: música, dança , vídeos, grupos de bombos, uma fusão de coreografias, bem conseguida e executada por jovens e com a presença dos portugueses Rão Kiao e Cristina Branco e de um cantor Brasileiro, Chico César. Achei simpática a presença do Brasil em Portugal que, na minha modesta opinião,  vem mostrar que podemos unir culturas e reforçar um dos laços que nos une: a língua.

O final da festa levou os atores e cantores ao palco, ao som do Grupo de Caixa Nicolinas e Bombos Nicolinos que estrondosamente, como eu gosto nestes finais de festas, tocavam a sua música e eram acompanhados, no seu ritmo, pelas palmas do público presente, ao mesmo tempo que o movimento de grandes bolas de várias cores espalharam-se pela audiência e no palco, deram por encerrado o espetáculo, no pavilhão.

À noite, no largo do Toural, a festa continuou com o espetáculo de La fura dels Baus, que vi no écran gigante, pois Guimarães estava ao rubro de pessoas de muitos cantos destes país, tenho a certeza e, no final, na Oliveira, os DJs davam continuação à festa, pela noite dentro.

Braga é Capital Europeia da Juventude, Guimarães é Capital Europeia da Cultura. Duas cidades jovens, da província, que vão apostar nas suas capacidades, nos seus talentos e, quem sabe, serem reconhecidas no mundo inteiro como as Capitais Europeias...2012.

E algumas das fotos que foi possível tirar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa


foto do autor



1º desafio de escrita 2019 2º desafio de escrita 2020


o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR