Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fui à consulta de nutrição

por Maria Araújo, em 07.11.14

 

sem nome.png

 Hoje, pela primeira vez, fui a uma consulta de nutrição, oferta do ginásio.

E gostei.

À medida que eram feitas as perguntas, a nutricionista ia registando as minhas respostas numa ficha, no computador.

O peso devia andar pelos 47kg (peso menos).

Pelo que me parece, estou no bom caminho. Como tenho tendência para colesterol alto, o meu cuidado com a alimentação é qb.

Raramente cometo excessos, mas de quando em vez, delicio-me com um ou outro pecado da gula, seja na comida, seja na doçaria.

Uma pequena chamada de atenção para as minhas falhas alimentares: comer um lanchinho após o exercíco físico (quase sempre me esqueço), comer diferentes peças de fruta, durante o dia, comer um lanche a meio da tarde (este é por volta das 18h30), tomar duas a três chávenas,médias, de leite (só tomo uma antes de me deitar e por vezes substituo por chá) ou um iogurte líquido, que não aprecio nada, comer no máximo 6 bolachas Maria, à noite ( se levar o pacote das bolachas para o sofá, como as que me apetece).

Quanto a bebidas, o ideal seria beber um litro de água, mas o normal anda pelo meio litro, três quartos de litro.

Ao pequeno almoço bebo sumo de uma laranja, ao almoço bebo um quarto de um copo de vinho maduro tinto, ao jantar, quase sempre bebo água.

Há dois meses atrás, antes de fracturar o pulso, o professor fez-me uma avaliação física, pois quero regressar à cárdio, para trabalhar pernas e braços, já que a idade fez o favor de presentear-me com  a flacidez da 3ª idade. Não tenho problemas com ela, nem me impediu de vestir o biquini, no verão, mas...
Fui ver a ficha e além dos aparelhos de cárdio a usar, as aulas que o professor aconselhou são: zumba ( que adoro), hidroginástica (que sempre fiz) e natação adultos ( que nunca pratiquei).

Agora que a fisioterapia esta a mostrar resultados e estou a recuperar da fractura, já conduzo, faço as minhas tarefas de casa, resta-me coordenar estas com as horas que diariamente vou dedicar ao meu corpo, ao meu bem-estar.

No final da consulta, ainda deu tempo para 40 minutos de bicicleta, step e tapete.

Segunda-feria, entro em acção.

 

 

Cantinho da Casa

retratos do dia

por Maria Araújo, em 16.09.14

sexta-feira passada fui ao Porto. Andava à procura de uma caixa multibanco, passei por estas casas, que já conhecia, e com o telemóvel (a máquina fotográfica avariou, foi para a marca) "click".

Lindas, estas casas.

 

 

 

 

 

Sabado, dia de ginásio, com uma manhã tão soalheira e quentinha, deixei a aula para outro dia e fui à praia para o que poderia ser o último dia de verão deste ano.

Uma manhã fantástica. A temperatura da água estava como há muito não se sentia, convidava ao banho. O mar trazia muitas algas, banhava-me por etapas. Deliciosa água!

A maré cheia da madrugada deixou marcas na praia...se nesta altura subiu demais, imagine-se no rigoroso outono das chuvas e do vento que, aliás, já  se faz sentir esta semana ainda de  verão.

     

 

A cada passo, o rebentar das ondas nas rochas captava os olhares...

 

 

 

 

 

 

e reparei que as minhas unhas estavam da cor das ondas do mar

 

 

 

constantemente a banhar-me nesta água que, finalmente, não gelava os pés,

 

 

as nuvens brancas combinavam com o céu azul e não queriam que eu me despedisse deste início de tarde na tão calma praia de Apúlia

 

 

 

 

16 horas da tarde, "bora" para o passeio nas ruas da cidade da "Noite Branca" até que passei na rua de janes, com a exposição das cuecas de figuras públicas da cidade, umas de séculos passados, outras deste século...

 

"cuecas do presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio.

 

 

cuecas do ex-presidente da Câmara de Braga, Mesquita Machado

 

 

 

  

 

 

duas irmãs e uma amiga

 

 

 

duas irmãs e uma amiga

 

 

duas irmãs

 

 

os aviões que fazem piruetas

 

 

três irmãs

 

 

uma das feiras de utilidades

 

 

 

a NOITE...

 

 

três irmãs e uma filha e sobrinha

 

 

a tia e a sobrinha

 

 

as amigas de infância

 

 

a sobrinha e os óculos

 

 

duas irmãs e uma tia

 

 

 

 e a fotografia que iria provocar a minha queda e fractura do braço, {#emotions_dlg.confused}.

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

o último dia de praia

por Maria Araújo, em 13.09.14

uma manhã fantástica, o ambiente muito sossegado, como eu gosto, a temperatura da água do mar estava excelente (não estou a exagerar), tomei dois banhos, apetecia-me ficar até que o sol se escondesse por completo, mas tenho compromissos para esta tarde, a tarde da Noite Branca.

E assim termina a época balnear. Será? (acho que ainda vou fazer uma praia, antes que o outono regresse em força).

 

 

 

 

 

Cantinho da Casa

O Sol veio, saí de casa

por Maria Araújo, em 23.02.14

Temperatura agradável, sol tímido, mas muito apetecível a sair de casa.

Não fui ao ginásio, tomei café com uma colega da escola, almocei mais cedo. Às 13h, estava a sair de carro em direcção à praia.

Pensara tomar café em Vila do Conde com uma amiga, mas ela não estava por lá.

Mudei o trajecto e fui até Esposende.

O café que sempre estivera aberto todo o ano, está fechado. Pena, porque tem um esplanada que convida ao sol e ao sossego da leitura.

Fui à praia, o caminho cheio de areia e a que outrora era uma pequena duna, que tem no final deste caminho, é, agora, uma grande duna.

Vento fresco, que não impedia de caminhar pela praia.

O mar estava com bastantes ondas, mas sereno.

Fiz o percurso habitual pela areia e regressei ao carro pela marginal.

Segui para Ofir.

Muitos curiosos espreitavam os estragos que  o mar fizera.

As únicas escadas possíveis para descer à praia ficavam um pouco além da área interdita.

Ao longe, no lugar que, em janeiro, via-se as máquinas a trabalhar, erguia-se uma construção em pedra, presumo que para proteger as dunas da invasão do mar.

Mais um passeio pela praia, algumas fotos e fui em direcção de Apúlia  espreitar o mesmo lugar onde estivera há um mês.

Nem tenho palavras para dizer o quão estas praias estão mais pequenas.

Tentei esquecer os estragos, decidi descalçar-me e sentir a água do mar. A temperatura da água estava agradável, melhor que no verão.

Adoro andar sozinha na praia  e fazer o que me apetece: cantar, saborear o cheirihno a maresia, tirar fotografias, olhar o mar. E hoje o dia estava calmo e apetecível a este pequeno prazer.

No regresso a casa o trânsito era intenso, mas calmo (no fim de semana passeia-se, não se está em stress).

 

 Esposende

 

 

 

 

 

 

 

 

Ofir

 

 

 

 

 

 

Apúlia

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Splash!

por Maria Araújo, em 16.06.13

Vejo o programa, gosto de ver os saltos para a água.
E, sem mais palavras: odeiooooooooooo José Castelo Branco.

Por favor, tirem-me este energúnemo do programa.

 

 

Cantinho da Casa

The Color Run

por Maria Araújo, em 15.06.13

Depois dos trilhos da Maria da Fonte (sempre a procurar a forma,  {#emotions_dlg.ok}), hoje foi  "The Color Run".

 

12 000 pessoas! Demais!

E como estou estourada, jantei por volta das 22:30h, vou para o sofá.

Mas antes, algumas fotos, do telemóvel.

 

 

O meu frupo, do Fitness Club.

 

 

do lado oposto à partida (muita música, muita cor, muitos saltos)

 

 

muitas jovens, mulheres e homens, vestidos "a rigor"

 

 

as coreografias...

 

 

perto da partida

 

 

 

os bombeiros sempre em ação para nos banhar

 

 

 

passagem no túnel

 

 

quanto mais sujos, melhor

 

 

rebolar para sujar

 

 

há que recolher pó, para sujar mais

 

 

 

 

pó, mais pó...

 

 

 

 

(continua)

Cantinho da Casa

O outro lado da água

por Maria Araújo, em 22.03.13

que não vemos.

Do FB

 

 

 

 E a DECO recomenda:

Reduza os encargos denunciando desperdícios de água.

Adira à nossa ação de denúncias de perdas de água no seu município. Esteja atento! A sua participação pode mudar a fatura da água.

denuncie já!

Repórter na rua

Se detetar desperdícios de água, como rotura de tubagem, regas desadequadas em espaços verdes municipais ou fuga visível à superfície, aceda ao formulário de denúncias. Indique a localização e, se puder, envie também uma fotografia. Enviaremos de imediato a sua denúncia para a entidade gestora do município, para que a situação seja reparada. Daremos também conhecimento à Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos.

Maior eficiência

Com a sua denúncia, contribui para a maior eficiência da entidade gestora responsável pelo abastecimento de água no município, o que poderá refletir-se em menores custos futuros no tarifário. As tarifas dos valores a pagar na fatura devem excluir ineficiências das perdas de água.

Melhor ambiente

A água é um recurso escasso. Se for desperdiçada, o custo não é apenas económico. Implica também uma fatura ambiental desnecessária.

Água perdida, subida da fatura

As tarifas da água tendem a aumentar para suportar os custos do serviço. As perdas de água chegam a 25 por cento, mas há municípios onde este valor pode mesmo triplicar. Cada gota perdida são custos acrescidos que podem aumentar as tarifas e a fatura no final do mês

 

 

E porque amanhã há mais uma "hora do planeta", cá estarei para jantar à luz das velas.

 

 

 

I will!

 

 

Poupa hoje, para usufruires amanhã.

Cantinho da Casa

E aqui estou eu, em casa da minha irmã, que está de férias, à espera que a máquina acabe de lavar a roupa do meu sobrinho, que já regressou de Paredes de Coura, enquanto um senhor que faz bons serviços de pintura, pichelaria e outras coisas mais, veio cá a casa reparar uma misturadora de banca que andava a verter  água há bastante tempo... E porque a minha irmã, no dia a dia, trabalha até ao sol posto, decidi tomar a iniciativa e arranjar o que poderia ter solução.  E a solução foi mesmo colocar uma misturadora nova. Até porque a água é um bem precioso e eu já estava farta de vê-la, gota a gota, a cair na banca e descer cano abaixo.

 

 

 

Cantinho da Casa

Um e-mail

por Maria Araújo, em 02.02.12

 que recebi, muito interessante.

 

Você vai a um bar e bebe uma cerveja. Bebe a segunda, a terceira, e assim por diante.
O seu estômago manda uma mensagem ao seu cérebro,dizendo: "Espera aí... o gajo está a beber muito líquido, já estou cheio!!!"
O seu estômago e cérebro não distinguem que tipo de líquido está a ser ingerido, sabem apenas que "é líquido".
Quando o cérebro recebe esta mensagem, diz: "Eh lá, o gajo está marado!!!" E manda a seguinte mensagem para os rins: "Meu, filtra o máximo de sangue que puderes, porque o gajo está marado e está a beber muito líquido! Vamos deitar isso tudo p'ra fora" e o RIM começa a fazer horas extra... Filtra muito sangue e enche-se rapidamente.
Então, vem a primeira corrida à casa de banho. Se reparar, este 1º xixi tem a cor normal, isto é, é meio amarelado, porque além de água, vêm as impurezas do sangue.
O RIM aliviou a vida do estômago, mas você continua a beber e o estômago manda outra mensagem ao CÉREBRO:"Meu, ele não pára! Socorro!!!" e o CÉREBRO envia outra mensagem ao RIM: "Meu amigo, vê a filtragem!!!"
O RIM começa a filtrar como um doido, só que agora, o que ele expulsa não é álcool! O que envia para a bexiga, é só ÁGUA, o líquido precioso do corpo!!! É por isso que as mijadas seguintes são transparentes: porque é água! E quanto mais se continua a beber, mais o organismo deita                água para fora e o teor de álcool no organismo aumenta e você vai ficando cada vez mais "passado".
Chega uma altura em que você está com um teor alcoólico tão alto, que o seu CÉREBRO fá-lo "desligar". É então que se desmaia ou adormece... Ele faz isto porque pensa: "O gajo está a querer matar-se, está a meter veneno no corpo... vou pôr este doido a dormir, para ver se assim ele pára de beber e nós tentamos expulsar o álcool do corpo dele."
Enquanto você está apagado, o CÉREBRO dá a seguinte ordem ao sangue:
"É pá, já pus o gajo a dormir! Agora, temos que tirar o veneno do corpo dele. O meu plano é o seguinte: como estamos com o nível de água muito baixo, vamos passar por todos os órgãos e tirar a água deles, e assim, conseguimos deitar fora este veneno."
O SANGUE é como se fosse o rapaz dos recados do corpo. E como um bom rapaz dos recados, obedece às ordens direitinho, e por isso, começa a tirar água de todos os órgãos. Como o CÉREBRO é constituído por 75% de água, é quem mais sofre com esta "ordem", e daqui vêm as terríveis dores de cabeça da ressaca...
Sei que na altura nem pensamos nisto, mas quando forem beber, bebam de meia em meia hora um copo de água, porque à medida que fazem xixi, vão repondo a água.

Sabia que...

tomar água na hora correta maximiza os cuidados no corpo humano?

-2 copos de água depois de acordar ajuda a activar os órgãos internos.
-1 copo de água 30 minutos antes de comer ajuda na  digestão.
-1 copo de água antes de tomar banho ajuda a baixar a pressão sanguínea.
-1 copo de água antes de ir dormir evita ataques do coração.

 

 

 

 

Cantinho da Casa

Caos total

por Maria Araújo, em 26.10.11

na estrada entre PVL e Braga.

Quando cheguei a Braga a água era imensa,  o trânsito completamente parado, quem vem do centro na direção do Bom-Jesus.

Água, água, água.

O túnel junto ao hotel Meliã,que eu esperava ver entupido, circulava-se bem para quem ia para o centro.

Do outro lado da faixa, em direção à rotunda que dá acesso ao Continente e Pingo Doce, um rio de água seguia o seu percurso frenético.

Na minha faixa estava mais calmo, até ao momento em que me aproximo da ponte que passa por cima da rotunda e um grande lago de água fazia com que, quem o  descesse, se deixasse estar ali parado. Eu teria de o subir mas não via nenhum carro fazê-lo até que,um condutor que seguia à minha frente conseguiu passá-lo.

Se ele conseguiu, eu também conseguiria.

E passei. Subi a ponte e, do outro lado o trânsito parado mas a água era menos intensa. 
Semáforos desligados, meti por uma rua com menos trânsito para deixar a colega que vinha comigo na avenida central. Como não chovia, deixei-a no cruzamento dessa avenida e meti por uma rua praticamente sem trânsito e que dá acesso direto à minha casa.

Acertei em cheio. Cheguei bem.

Nunca o trajeto entre a escola e casa fora tão complicado.

Os lençóis de água eram imensos.

A chuva e a trovoada continuam.

Espero que a noite seja mais calma, porque a minha dor de cabeça é muito forte.

 

 

                           ponte                                     rotunda

 

 

 

 

Cantinho da Casa


foto do autor



1º desafio de escrita 2019 2º desafio de escrita 2020


o meu instagram


1º desafio de leitura - 2015 2º desafio de leitura - 2017 3º desafio de leitura - 2019

desafio




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR