Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Grande Entrevista

Maria Araújo, 21.05.09

 Há dias em que me sinto especialmente sensível, um pouco triste e com saudade de certas pessoas . Nestes dias tenho o hábito de ver as notícias com mais atenção. Não o faço sempre porque me incomoda ver as desgraças e escutar sistematicamente,  o caso Freeport e a "crise".

Hoje decidi ouvir as notícias da RTP1. Sendo hora de jantar, tanto estou na sala a ver o que passa , como estou na cozinha a tratar do jantar.

Grande Reportagem. Passava um grupo de teatro de mulheres cancerosas, algumas delas ainda em fase de tratamento.

Fui á cozinha pus o prato no tabuleiro e sentei-me no sofá a ver.

(Re)vivi aqueles momentos em que tive de apoiar os meus familiares doentes.

As lágrimas caíam-me pelo rosto.

Estas mulheres lutavam pela vida,  ajudavam e ajudam outras pessoas que sofrem da mesma doença.

Foi entrevistada uma das senhoras, Manuela Matias,  que faz parte do grupo de teatro.

A entrevistada esteve muito bem. Foi clara. Penso que tocou a sensibilidade de quem viu o programa.

Fundou o "Projecto Luz"  juntamente com duas enfermeiras especializadas em cuidados paleativos.

Dá apoio ás pessoas que não "usufurem" desses cuidados, nos hospitais.

Entretanto, sempre em acção,  o grupo de teatro de que faz parte está disponível para actuar em qualquer ponto do país.

Penso que é uma iniciativa forte, capaz de gerar amizades, força de viver e esperança.

O grupo foi formado pela afluência das visitas que se faziam no blog, que a senhora entrevistada tem na internet. Consegui apanhar o nome; " superglamorosas". Numa das intervenções do grupo ouvi " O cancro pode tirar o cabelo mas não pode tirar a esperança".

E, numa das passagens da peça, as senhoras olhavam-se ao espelho, abriam o vestido, observavam o peito, e desafiavam a sua imagem.

 

Depois do jantar e de arrumada a loiça, vim ao pc. Entrei no messenger. Estava online um amigo deste cantinho.

Falei-lhe no assunto. Coincidência ou não, disse-me que tinha falado com uma amiga que tem cancro há uns anos e está a passar por um mau momento.
Pedi-lhe para falar desta Fundação e do blog que referi.

O blog é um espaço onde as pessoas se sentem á vontade em exprimir os seus sentimentos, desabafos, pedir ajuda, criar amizades, ter esperança...

Sendo o blog o espaço de desabafos, deixo aqui o que me vai na alma, o que sinto, o que quero fazer...

 

Sei que um dia esta doença vem visitar-me.

Sei que vou ter de a enfrentar como os meus familiares enfrentaram.

Sei que vou passar momentos terríveis.

Sei que um dia vou aproveitar cada momento da minha vida com muito amor.

Sei que vou olhar o espelho e vou desafiar-me e dizer: "O teu peito é lindo!"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/grande_entrevista/

 

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 22.05.2009

    Olá, amigo.
    Podes considerar fatalismo. Mas não o disse com essa intenção.
    Quis dizer que isso vai acontecer, porque as probabilidades são muitas.
    No entanto, estou atenta.
    Desde a minha juventude que tenho cuidado com o meu corpo.
    Faço exames há mais de 30 anos.
    Por mim, faria exames de 6 em 6 meses, mas o médico diz qua não é necessário.
    Eu apenas quero mentalizar-me que,se um dia vier, e de certeza que vou reagir como todas as mulheres reagiram e reagem, também vou usufruir da vida que poderei ter á minha espera.
    Sou uma mulher positiva.
    Já passei por situações de risco, acredita, mas estou cá e, aparentemente, bem.
    Está tranquilo amigo, porque sabes que eu sou uma pessoa que, dentro dos possíveis, usufruo da vida, da natureza e de alguns prazeres que esta me dá.
    Eu fico sensibilizada com estes programas. Talvez exagerasse no modo como escrevi o que senita no momento.
    Beijinho.


    PS.: Se houver aqui algum desfazamento nas letras é o pc. Não consigo ler o que escrevo, rsrsrsrsrsrsrs
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.