Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conta-me como foi

por Maria Araújo, em 15.03.09

Há alguns fins de semana que não vejo esta série e hoje,  falando no skype com um amigo do Brasil, não prestei atenção ao episódio que ainda está a passar na RTP1.

Não sei qual o tema mas, de repente, olhei para a TV e vejo uma das personagens sentada junto a uma máquina de tricotar.

Fez-me voltar atrás no tempo.

Minha mãe era doméstica. Meu pai tinha uma empresa. Coincidência, ainda hoje, em Lisboa, falava com a minha sobrinha sobre a localização do escritório que a empresa tinha na capital,  que ficava junto ao jardim Constantino. Fez 16 anos que lá fui pela última vez.

Vivíamos bem, mas a minha mãe, depois de nascerem os meus irmãos mais novos, completanto 6 filhos, decidiu aumentar o rendimento da casa, pelo que foi aprender a tricotar à máquina, porque à mão sabia ela, e bem.

Aprendeu rapidamente. Comprou uma máquina. Arranjou boa clientela.

Verdade. A minha mãe era perfeita naquilo que fazia.

Eu ajudava a dobar a lã. Ufffff! Cansava!

Eu estendia os braços, ficando estes paralelos, e ela encaixava a meada juntos aos pulsos, e  fazia o novelo.

Mais tarde, comprou uma dobadeira em madeira, onde se encaixava a meada e com o movimento das nossas mãos,  aquilo andava à volta enquanto sa fazia o novelo.  Pelo menos só cansava duas mãos, não as quatro!

Também era eu que ia entregar o trabalho a casa das clientes.

Lindas peças que saíam das mãos dela.

Lindas peças que ela me fez em malha. As que mais me seduziram, foram: um vestido verde canelado até á cintura, liso para baixo , tirado o modelo de uma página de revista que a minha irmã mais velha  trouxera de Londres; um macacão cor de rosa com um fecho grande, que vinha da cintura, também, até à gola.

Era uma adolescente. Apesar da minha altura , baixa,  confesso que me sentia uma modelo  dentro dessas duas peças.

Ficava envergonhada quando passava na rua e ouvia os comentários mais grosseiros dos trolhas, e não só. Ria-me de alguns, outros não gostava nada.

O tempo foi passando....

Hoje foi um dia de recordações.

 

 

 

 

 

 

Início

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De swt a 16.03.2009 às 13:25

Gostei muito deste relato!
Claro que quando vi a máquina de tricotar no Conta-me também um turbilhão de associações me aconteceram.
Imagem de perfil

De NEOABJECCIONISMO a 15.03.2009 às 23:24

Momento belo de nostalgia
estiveste em Lisboa velhos caminhos
falas de mãe de pai pura magia
de irmãos e vestidos doces carinhos

saber que há sentires iguais em alguém diferente
é um momento justo uma paixão de amigo
eu canto para ti um tema terno urgente
amar amor presente e ser mulher abrigo

Beijinhos
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 16.03.2009 às 00:10


Com um poema dedicas
o teu encanto pelo canto
um dia serei presente
no teu espaço um poema.


Imagem de perfil

De NEOABJECCIONISMO a 16.03.2009 às 16:10

Amiga

agora estás lá sempre em nós presente
palavras escritas imagem de doce maresia
o espaço é teu do todo que em ti sente
és um poema que esperamos com alegria

Beijinhos

Comentar post



foto do autor


Mundial 2018 "Bora Portugal"


o meu instagram


Desafio - Foto da Semana


2º desafio de leitura

desafio

fotogatia


Encontros - eu vou

eu 1..jpg encontro 3º Encontro.png 4ª Encontro.png Selo 5º Encontro.PNG 6º. Encontro Bloggers (selo v1).jpg

Encontros - eu fui

IMG_2230 (2).JPG MARCADOR

desafio temático de fotografia

20396075_DY5aH.jpeg




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D