Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Conta-me como foi

Maria Araújo, 15.02.09

Enquanto teclo aqui no blog, vejo e escuto a série da RTP, "conta-me como foi".

Gerações que progridem. Contrariedades dos pais. Educação  e regras impostas.

3ª idade que reclama e não aceita a evolução dos jovens. A célebre frase que minha mãe fartou-se de dizer " De mil viverás, de dois mil não passarás"

Aumentos dos salários da função pública, semanadas que se pede aos pais, imposição dos quereres e desejos, tudo se passa aqui.

Os vizinhos que espreitam e comentam a chegada da jovem a casa com um homem mais velho.

A discussão do casal. A incompreensão do marido que descarrega  na esposa a revolta da vida, agarrando-se aos actos da filha.

A esposa, mais compreensiva, por que é mulher.(Os filhos saem-lhe do ventre, ela cria-os, dá-lhes carinho, amor. Mais sensível. Ela assume todos os papeis).

O trabalho da mulher que começa a ser tão importante como o do homem.

Os piropos que eles mandam às outras mulheres, causa de ciúme das esposas.

As pazes que eram feitas de imediato.

Quão de verdade e real vejo a minha vida e da minha família, neste episódio.

Grandes sacríficios que se faziam. Mas a luta era justa e compensada.

Não sou saudosistas, mas por vezes sinto que esses tempos eram bons.

Faz-me lembrar a minha mãe.

As músicas (fazem cair umas lágrimas dos meus olhos), as roupas, o ambiente familar.

 

 

 

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post