Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Saúde

Maria Araújo, 15.01.14

Estou pronta a apostar neste fruto (acabei de comprar mais uma caixa de 28 comprimidos, para o colesterol e sem comparticipação).

Perante o comentário que fiz ao meu médico "dizem que o colesterol é um mito", respondeu-me ele, " Pode ser um mito, mas quando a pessoa passa dos 50, a hipótese de ter um o AVC é maior".

Gostaria de seguir uma alimentação rígida e saudável que evitasse a toma de medicação mas na verdade, todos os médicos me dizem que tenho de a tomar.

 






O duelo entre duas das frutas mais gordurosas começa difícil para o coco. Afinal de contas, ele possui praticamente quatro vezes mais calorias e lipídios do que o abacate. Pelo menos suas gorduras — os ácidos láurico e monolauril — são daquelas boas, que fortalecem o sistema imunológico e têm ação antifúngica. Além de ser mais magrinho, o abacate é rico em ácido oleico, ou ômega-9, uma gordura que ajuda a reduzir o colesterol ruim, afastando doenças cardiovasculares. Mas isso não é desculpa para abusar.

"Tanto uma fruta como a outra devem aparecer, no máximo, duas vezes por semana no cardápio", recomenda a nutricionista Thais Souza, da rede Mundo Verde, na capital paulista. Para quem vive sob tensão, melhor gastar a cota com o abacate. "Ele tem uma substância chamada beta-sisterol, que auxilia no controle do cortisol, o hormônio do estresse", informa Thais.

Se você não anda tão estressado, pode deixar o paladar escolher.

6 comentários

Comentar post