Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Quem não dorme de noite,

03.04.13, Maria Araújo

Esta noite foi péssima em sono. Deitei-me por volta da meia noite. Penso que adormeci quase de imediato mas, de repente, sinto os dedos do pé esquerdo doerem-me terrivelmente (não é a primeira vez nem será a última que tenho estas dores): cãimbras.

Vira para aqui, vira para acolá,  sempre que sentia algum alívio, tentava relaxar a mente, também, e adormecer.

Agora, mais uma dor, bem forte,  mas na articulação do braço esquerdo.

O sono não queria nada comigo.

3:15h escuto o vizinho de cima entrar em casa (dono de um café muito movimentado, é o último da famíla a deitar-se).

E as horas passavam com alguma eternidade. Liguei o candeeiro da mesa de cabeceira cerca de 4 vezes para me certificar que a manhã estava perto. Nada!

6:00horas levantei-me e fui embeber em água de rosas 2 discos de algodão, coloquei-os nos olhos, para que estes relaxassem e eu pudesse, finalmente, dormir (por vezes, dá resultado).

E o sono não vinha/veio.

Leventei-me  às 6:45h, tratei de mim, fiz uma massagem  no braço com voltaren.

Antes de sair de casa, ainda tomei um descafeinado (raramente tomo café manhã cedo).

O dia correu bem.Agora, estou a cair de sono. Estou exausta.

Se ontem foram muitas horas de desgaste na voz, com esta noite mal dormida e o cansaço do dia de hoje (custa recuperar a rotina), acho que vou deitar-me no sofá, chamo a minha gata, e adormecemos as duas.

Tenho trabalho para fazer... Não consigo concentrar-me.

Porque será que, quando preciso de dormir, a cabeça insiste em pensar no passado, nas lembranças, no quotidiano, no futuro?

 

 

 

 

 

 

5 comentários

Comentar post