Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Rui

Maria Araújo, 16.02.13

Transcrevo neste meu cantinho, o post que o Rui, do blogue "Coisas da Fonte" escreveu sobre o dia de São Valentim e a sua participação no passatempo da NI.

Leiam estas palavras e entendam a vossa mente, o vosso coração, as vossas relações...

 

Na sequência da frase):


" Para quê, dizer-te quanto te amo, ... se o sentes a cada momento ? "

 

Na realidade, o amor é para ser "sentido" e, se sentido verdadeiramente, para quê, estarmos constantemente a dizer : "Quanto te amo !" ?
Festejar, ou comemorar ?... Também porquê, se o ano tem mais 364 dias ? ... Não seria melhor viver o amor durante esses dias e deixar o 14/2  para meditar sobre "o seu estado" ? Quantas vezes utilizei o dia de aniversário de casamento, para uma conversa aberta, franca e leal, acerca dos factos, acções, ditos, atitudes e omissões,  que nos "fizeram bem" e para os que nos "fizeram mal" e dai tirarmos as devidas ilações, pedindo mutuamente para os apontar e corrigir o que esteve mal ? ... Pensem nisso !!
 
 
Deliciem-se entretanto,  como "nós", com esta voz maravilhosa e "carreguem baterias" para este fim de semana! ;)
Neste caso, da canção, um amor desencontrado, perdido e procurado desesperadamente, porque era e continua a ser enorme ! Um amor que o tempo e o espaço separou, mas que não conseguiu por-lhe um fim ! Um amor que permanece eternamente, como acontece com o verdadeiro amor !!!...
Leiam a letra, acompanhando a música bem alta e ponham-se no lugar da Enya ! ... e, ... se lhes apetecer chorar, ...chorem, que não faz mal a ninguém ! (talvez que, depois de aberto, tenham que clicar no YouTube).
 
E agora, escutem a canção, silenciosamente.
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.