Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Um AMARGO, Pingo Doce

Maria Araújo, 21.09.12

 

 

 

 

 

Ontem, ao final da tarde, fui ao Pingo Doce fazer umas compras. Raramente compro carne (há um talho com boa carne na rua ao lado), decidi comprar o que precisava lá, no sítio do costume.

Reparei, então, que algumas carnes estão em promoção e aproveitei para trazer mais umas peças, para congelar.

Dei a volta às prateleiras e fui para a caixa.

Quando a operadora me diz o valor a pagar, verifiquei que tinha 22 euros em dinheiro e o valor era de 24,65 euros.

1 hora antes, tinha ido ao multibanco levantar dinheiro para fazer o pagamento de umas prateleiras que mandei fazer para a cozinha.

Não contando gastar mais de 15 euros no supermercado, meti na carteira o suficiente para as minhas compras.

Ora, como faltavam 2 euros para completar o valor, peguei no cartão multibanco para fazer o pagamento. A operadora  faz a marcação vira a máquina, eu confirmo o valor e introduzo o código.

Diz ela:"não autorizado".

"Como?", pergunto eu. "Ainda há cerca de uma hora fui levantar dinheiro, como pode indicar "não autorizado?", acrescentei.

Ela volta a pegar no cartão, faz novamente a operação, vira a máquina para o meu lado, pede-me, mais uma vez, para confirmar o valor e depois marcar o código.

Fi-lo com cuidado.

E ela volta a dizer: "pagamento não autorizado".

Lembrei-me da história do pagamento inferior a 20 euros, mas, visto que o valor era superior, peguei no cartão ( e a fila já estava grande), fui à caixa multibanco, que se encontra dentro do supermercado, levantei mais 20 euros,paguei a minha conta e comentei: "Estranho. Como pode marcar "não autorizado" e consegui levantar o dinheiro? Estranho!" E saí do supermercado com toda a gente a olhar-me, mas não envergonhada (felizmente, ainda tenho dinheiro para pagar o que compro), e não convencida... Desconfiada, sim!

Hoje, quando regressava da escola, e a propósito da difícil vida que estamos todos a ter, lembrei-me do que aconteceu ontem e contei às minhas colegas.
"Vai lá e reclama!", aconselharam-me.

De tarde, fui fazer umas compras, em lugares diferentes. E, propositadamente, fiz o pagamento com cartão. Ambas as compras eram superiores a 35 euros.

Marquei o código e das duas vezes não me foi dito: "pagamento não autorizado".

Confirmei, o que pensara.

"O Pingo Doce  anda a enganar o coitado do povo".

("Sem talões") mas  com promoções, vai buscar o lucro a esta aldrabice que é o pagamento com multibanco.

Agora, pergunto eu: "Qual será o valor mínimo que o PD aceita para pagamento com cartão? Será que já aconteceu com outros clientes?"

Pois fica a saber, senhor Jerónimo Martins, no seu supermercado não deixo nem mais um cêntimo.

E a confirmar-se a aldrabice, vou fazer valer os meus direitos com uma denúncia à DECO (que por acaso, sou sócia).

 

 

 

 

 

 (talão retirado do meu caixote da reciclagem)

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 23.09.2012

    Vou reclamar, sim, mas à Deco.

    Beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.