Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cantinho da casa

cantinho da casa

A esperança nunca morre

Feliz coincidência

 
Quando menos se espera
Alguém aparece
No mesmo instante
O coração amolece


Fica encantado
Com o desconhecido
Começa a sentir
A ação do cupido


Surgi um brilho nos olhos
Que é compreendido
Desponta um sorriso
Bem correspondido


Depois um convite
Em seguida um cinema
Corações flutuando
Tão leve como a pena


Feliz coincidência
Coisa do destino
Paixão violenta
Sem nenhum desatino


Antes desconhecidos
Agora juntinhos
Eternos amantes
Trocando carinhos

 

 

(José Milton Santos)