Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Limite

Maria Araújo, 18.05.12

Os poucos momentos em que me sinto triste, sem motivo aparente, penso nas famílias (pais e filhos) e o que os levam a chegar ao limite da relação : incompreensão, desespero, falta de diálogo, falta de tempo,  trabalho.

Sinto-me irritada, desanimada e impotente.

Não sei como me aproximar.

 

Filho(a) é para sempre.

 

 

 

   (estes dias vi este filme, Grbavica, um exemplo das muitas relações conflituosas,neste caso, mãe e filha)

 

 

 

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.