Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cantinho da Casa

Cantinho da Casa

Sobrinhas(os)

Maria Araújo, 29.12.11

Combinei café com uma amiga, hoje de manhã.

Por volta do meio dia, teria de trazer a Sofia comigo, uma vez que tem jogo basquete em Ponte de Lima. Teria de se encontrar aqui perto de minha casa com todo o grupo às 13h15.

Chegámos a casa às 12h15, ela foi ao talho comprar carne picada para fazer massa  bolonhesa, enquanto eu preparava o refogado e a água para cozer a massa.

Às 12h50 estavamos a almoçar.

Esquecera-me que ela tinha  aqui em casa dois sacos com as bolas de basquete. Não sei ao certo quantas bolas tinha cada um deles, o que sei é que ela levava a sua mochila às costas e um dos sacos, e eu levava o outro.

Pesados.

A caminho do local de encontro, cerca de 250 metros de casa, disse-lhe: "para a próxima vez  que tenhas jogo de basquete,  não te esqueças de pedir às tuas amigas que levem um dos sacos para casa. Termos de carregar tudo isto. Não pode ser, é  demasidado pesado. E eu ainda te ajudo. Sei que tu mostras vontade de trazer as bolas, mas há que distribuir por outras colegas da equipa."

Comenta ela: "desta vez fiquei mesmo encarregue de trazer os dois sacos (imaginem, na terça-feira passada,  cerca das 21 horas, depois do treino, aparece aqui com os sacos. Uma colega tinha ajudado a trazê-los, mas eu eu tenho a certeza de que fora ela que se oferecera. Ela adora ter esta responsabilidade, eu sei, conheço-a  bem).

E muito mais teria a deixar aqui escrito, mas...

Tias servem para estas coisas, e para omitir os pedidos que elas/eles nos fazem.

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.